Add to Technorati Favorites
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Folha da Paróquia - 2.º Domingo da Quaresma

Síntese das Leituras da Eucaristia de Domingo

 

«Mestre, como é bom estarmos aqui!»

 

Leitura do Livro do Génesis

(Gén 22, 1-2.9ª 10-13.15-18)

Naqueles dias, Deus quis pôr à prova Abraão e chamou-o…

O Anjo do Senhor chamou Abraão do Céu pela segunda vez e disse-lhe: «Por Mim próprio te juro – oráculo do Senhor – já que assim procedeste e não Me recusaste o teu filho, o teu filho único, abençoar-te-ei e multiplicarei a tua descendência como as estrelas do céu e como a areia das praias do mar, e a tua descendência conquistará as portas das cidades inimigas. Porque obedeceste à minha voz, na tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra.»

 

Salmo Responsorial 115 (116)

Andarei na presença do Senhor sobre a terra dos vivos.

 

Confiei no Senhor, mesmo quando disse:

«Sou um homem de todo infeliz.»

É preciosa aos olhos do Senhor

A morte dos seus fiéis.

 

Leitura da Epístola do Apóstolo São Paulo aos Romanos (Rom 8, 1b-34)

Irmãos: Se Deus está por nós, quem estará contra nós? Deus, que não poupou o seu próprio filho, mas O entregou à morte por todos nós, como não havia de nos dar, com ele, todas as coisas? Quem acusará os eleitos de Deus? Deus, que os justifica? E quem os condenará?

Cristo Jesus, que morreu, e mais ainda que ressuscitou e que está à direita de Deus e intercede por nós?

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos (Mc 9, 2-10)

 

Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João subiu só com eles para um lugar retirado num alto monte e transfigurou-Se diante deles…

Apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. Pedro tomou a palavra e disse a Jesus:

«Mestre, como é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para Ti, outra para Moisés, outra para Elias.» Não sabia o que dizia, pois estavam aterrorizados. Veio então uma nuvem que os cobriu com a sua sombra e de nuvem fez-se ouvir uma voz:

«Este é meu Filho muito amado: escutai-O.»

 

08/03 – S. João de Deus, um Santo Português

João Cidade nasceu em Montemor-o-Novo no ano de 1495, em dia e mês desconhecidos. Os seus pais, André Cidade e Teresa Duarte, eram comerciantes de fruta e desde cedo teriam educado o pequeno João segundo os valores cristãos. Aos 8 anos, foi para Oropesa – Espanha, em circunstâncias ainda hoje pouco conhecidas, talvez na companhia de algum peregrino ou clérigo.

João foi acolhido na casa do Maioral do Conde de Oropesa e trabalhou como guardador de rebanhos. Em 1523, o seu espirito aventureiro levou-o a alistar-se no exército de Carlos V, participando, em Fuenterrabia, na guerra contra os franceses e em 1532, em Viena, contra os turcos que ameaçavam invadir a Europa. Regressado da guerra, quis voltar às suas origens. Em Portugal, apenas encontrou um tio e, sem nada que o prendesse à terra natal, voltou para Espanha, mas desta vez para o sul. Daí partiu para Ceuta, onde foi empregado de um fidalgo português desterrado. Foi aí também a sua primeira grande acção de generosidade: para garantir o sustento desta família, que entrou em dificuldades, foi trabalhar para a construção das muralhas de protecção da cidade. Regressou a Espanha em 1538, ficando um tempo em Gibraltar. Reza a lenda que aí lhe apareceu um menino com uma romã, (granada em castelhano) na mão e lhe disse “João, Granada será a tua cruz”. João partiu para a cidade desse nome e aí viria a dar-se a grande transformação da sua vida.

Ao ouvir um sermão do Pe. João de Ávila a 20 de Janeiro de 1539, tomou uma atitude radical contra a hipocrisia que se vivia na sociedade de então. Pelas atitudes que tomou foi dado como louco e internado no Hospital Real, onde sofreu na pele os tratamentos dados na época a este tipo de pacientes.

Um sonho louco o assaltou então, fundar um Hospital, onde pudesse tratar devidamente aqueles que sofrem. Tomou como seu director espiritual o Pe. João de Ávila, e com os seus conselhos empreendeu a “louca aventura” de fundar um pequeno hospital. Percorreu as ruas de Granada ajudando e transportando os que não conseguiam valer-se sozinhos e levando-os para o seu hospital, onde, separando-os por doenças, lhes tratou das feridas “do corpo e da alma”, João calcorreou as ruas da cidade proclamando o singular pregão: “Irmãos, fazei o bem a vós mesmos, dando aos pobres!”

Um episódio marcante na sua vida foi o incêndio que se deu no Hospital Real de Granada em 1549. João Cidade, com bravura salvou muitos doentes e combateu as chamas. Toda a cidade de Granada lhes prestou reconhecimento, chamando-o já João Deus, o Santo de Granada. Até a sua morte foi causada pelo bem que fazia: para salvar um miúdo de se afogar no rio Genil, João atirou-se à água, contudo não conseguiu salvar a criança e apanhou uma broncopneumonia que o levaria à morte.

A 8 de Março, em diálogo com Deus, morre com fama de santidade. João de Deus foi um homem que, vivendo no seu tempo, soube ser inovador e projectar-se para o futuro. Foi, por isso, considerado o fundador do Hospital moderno, Santo, projector dos doentes, bombeiros e enfermeiros. Um homem que encontrou Deus no amor aos seus irmãos.

 

08 de Março - Dia Mundial da Mulher

As flores irradiam a glória e a beleza de Deus-Mãe, pois ela caminha sobre a Terra em cada mulher.

Mulher! Todos os grandes senhores te reverenciaram no dia de hoje, pois eles nasceram do teu ventre.

Mulher! Além de todos os poderes cósmicos, levas dentro de ti a semente sagrada que provê a vida. Tu és o mais belo pensamento de Deus. Tua coragem é manancial de sabedoria. De teu intimo brota a força amorosa que nutre, regenera e ressuscita.

Homem! Neste dia internacional da mulher, lembra-te que podes divinizar pela admiração da mulher:

Estás aflito? Recorre à mulher. Ela é o consolo dos aflitos.

Estás enfermo? O toque da mulher é curativo.

Queres descobrir os mistérios da Divindade? Busca compreender o coração da mulher:

Porque quem não reverencia a mulher; fecha as portas à graça e à beleza.

Mulher! Ao olhar-te no espelho, reconhece ali a Mãe Divina! Mira-te nela! Encarna com dignidade os dons femininos de amor, fidelidade, pureza, sensibilidade, compreensão, delicadeza, generosidade, doçura, abnegação, serenidade e o dom de tudo embelezar:

Mulher! Não te deixes corromper pela futilidade e mediocridade do mundo. Aumenta ainda mais tua força, apreendendo as virtudes dos homens, mas nunca os vícios. A regeneração do mundo depende de ti, pois tens o poder de moldar o carácter de um ser; desde o teu ventre e por toda a sua vida.

Podes transformar teu lar num templo da Divina Missão de Amor: Quando defendes tua dignidade, defendes a dignidade de cada ser humano.

Mulher! Rejeita qualquer pensamento ou sentimento de rivalidade, pois isto destrói a unidade das mulheres. Caminha graciosamente, olhando sempre com admiração o teu eterno companheiro, o homem.

Mulher! Neste Dia Internacional da Mulher dedicado a ti, todos te proclamam como a Senhora da criação e da beleza, e admiram a dádiva que é ser mulher!

 

(Texto de Lúcia Helena dos Santos)

 

Parabéns a Todas as Mulheres!

 

Como é bom estarmos aqui!

 

Que bom é estarmos aqui!

Quanta felicidade deverá ter sentido Pedro naquele momento. Um pouco antes, depois de Jesus ter anunciado a sua morte na cruz, ele sente vontade, de abandoná-lo e, julgando-se capaz de dar lições ao Mestre, tenta dissuadi-lo do seu caminho. A cruz metia-lhe medo. A sua esperança era de glória e não de morte. A libertação que esperava era de ordem política, social, dos inimigos visíveis e não interiores. Isso valeu-lhe a designação de Satanás.

Agora, no alto do Tabor, os seus ouvidos encantam-se com o diálogo de Moisés, Elias, Jesus, o Pai. É a lei antiga e a lei nova; é o céu e a terra. É a promessa e o cumprimento da promessa. É o testemunho solene de Deus Pai: Este é o meu filho muito amado, Escutai-O. Escutai-O, porque ele não é um semeador de ilusões e falsas promessas: Ele é minha Palavra, o meu Verbo.

Agora compreende que os caminhos do Senhor não são como os dos homens. Agora já vês a cruz transfigurada em trono, as lágrimas em risos, o jejum em abundância, o ultraje em aclamação, a morte em vida e ressurreição.

Que bom é estarmos aqui!

- E nós? Aceitamos o convite que o Senhor nos faz, para subirmos ao monte, irmos à Igreja, estarmos mais perto dele, ouvirmos os profetas e a Ele próprio, na liturgia da palavra da missa? Não teremos falta dessa mensagem que nos transfigura a nós e à nossa vida?

Certamente que os Apóstolos, Pedro, Tiago e João saíram do monte também transfigurados, na mente e no coração. Agora a vida já não lhes metia medo. Agora mais do que fechar os ouvidos à palavra de Jesus, diriam: «A quem iremos nós, Senhor? Só tu tens palavras de vida eterna.»

- Os aspectos da vida que não nos agradam, porque não nos levam até Deus para os transfigurar, transformar?

 

Notas Finais:

·         A Via-sacra na nossa Paróquia realiza-se todas as sextas-feiras, até à Páscoa, pelas 21 horas na Igreja Matriz, sendo que cada Estação é orientada por cada grupo da Paróquia, (podem ver isso na folha do 1.º Domingo da Quaresma, que se encontra no blogue).

·         Quintas-feiras pelas 21 horas – Ano Paulino

·         Sábado – 17.30 – Vésperas

·         Sábados – 19 horas – Formação de preparação para a Crisma para os Crismandos Adultos

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 09:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
BlogBlogs

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Santo Natal e Próspero An...

Atividades de Natal

Convívio de S. Martinho 2...

Benção das Camisolas

OBRIGADO(A) PELAS 0010005...

Resposta ao Comentário so...

Preparação para Domingo

Camisolas do Grupo

Reunião de 16 de Outubro

Reportagem sobre o Convív...

Arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Links

On-line

online

Visitas


View My Stats
blogs SAPO

subscrever feeds