Add to Technorati Favorites
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

Introdução à Bíblia - 2

Há pouco tempo, deixamos aqui um pequeno texto sbre a história da Bíblia, hoje continuamos essa história de forma se perceber a importância, que esta tem para os cristãos e para melhor compreender a História do Mundo.

 

 

Quando foi escrita a Bíblia?

 

Foi escrita durante mais de mil anos. Começou aí pelo ano 1250 antes de Cristo e acabou uns cem anos depois do nascimento de Cristo: um total de 1350 anos.

É muito difícil saber quando se começou a escrever, porque as partes mais antigas, antes de serem escritas, foram narradas e contadas oralmente no povo de Israel. Os povos antigos costumavam repetir de memória bas suas reuniões e celebrações largas recitações sobre acontecimentos passados ou histórias poéticas. E antes de serem recitadas, foram vividas por ser fiéis a Deus e a organizar a vida de acordo com a sua justiça.

Como hoje aprendemos as letras das canções, assim eles aprendiam as histórias, as leis, as profecias, os salmos, os provérbios e muitas outras coisas, que depois foram escritas na Bíblia.

 

Onde foi escrita a Bíblia?

 

Não foi escrita num só lugar, mas em muitos lugares diferentes. A maior parte do Antigo Testamento foi escrita na Palestina, terra povo de Deus, onde Jesus viveu e onde nasceu a Igreja. Algumas partes do Antigo Testamento foram escritas em Babilónia, onde o povo esteve desterrado no século VI antes de Cristo. Outras partes do Antigo Testamento foram escritas no Egipto, para onde muita gente emigrou depois do exílio.

O Novo Testamento tem partes que foram escritas na Síria e na Ásia Menor, (hoje Turquia), na Grécia e na Itália, onde existiam comunidades fundadas e visitadas por São Paulo.

Os costumes, a cultura, a religião, a situação económica, social e política de todos esses povos tiveram influência na forma como a Bíblia apresenta a mensagem de Deus aos homens.

 

Em que língua foi escrita a Bíblia?

 

 

A Bíblia foi escrita em 3 línguas diferentes. A maior parte do Antigo Testamento foi escrita em hebraico, a língua que se falava em Israel antes do exilio. Depois do exílio o povo começou a falar o aramaico: mas a Bíblia continuava escrita e lida em hebraico. Jesus enquanto criança seguramente frequentou a escola de nazaré, para aprender o hebraico, e assim compreender a Bíblia. Só uma pequena parte do Antigo Testamento foi escrita em aramaico.

uns pouco livros do Antigo Testamento, (o livro da Sabedoria, o 2.º dos Macabeus e alguns fragmentos de outros livros) e todo o Novo Testamento, (excepto o primeiro original de Mateus) foram escritos em grego. O grego era a língua do comércio, que se estendeu por todo o mundo depois das conquistas de Alexandre Magno, no século IV antes de Cristo.

No tempo de Jesus o povo falava aramaico em casa, usava o hebreu na leitura da bíblia e o grego no comércio e na política. Nesse tempo só existia o Antigo Testamento. O Novo Testamento estava a ser vivido e preparado.

 

Os Judeus que depois do exílio tinham emigrado da Palestina para o Egipto, foram esuqecendo a língua materna; já não entendiam o hebreu, nem o aramaico; só entendiam o grego que se falava no Egipto. Por isso no século III antes de Cristo, um grupo de sententa sábios resolveu traduzir o Antigo Testamento do hebreu para o grego. Foi a primeira tradução da Bíblia, que se chaou a dos LXX.

 

Quando depois da morte e ressurreição de Jesus, os Apóstolos saíram da palestina para pregar o Evangelho aos outros povos que falavam grego, adoptaram a tradução grega dos setenta e difundiram-na pelo mundo. Na época em que foi feita a tradução grega dos setenta, a lista dos livros sagrados ainda não estava concluída.

Aí pelos finais do século primeiro da nossa era (90-95), depois de uma grande e cruel perseguição, os Judeus reunidos em jamnia, fixaram o cânon das sagradas Escrituras, deixando fora os livros que não foram escritos em hebreu.

 

A diferença entre a Bíblia dos potesteantes e a Bíblia dos católicos está em que eles preferiram a lista mais curta da Bíblia hebraica, enquanto os católicos, seguindo o exemplo dos Apóstolos, adoptaram a lista mais ampla da tradução grega dos setenta.

 

A Bíblia dos protestantes tem menos sete livros: Tobias, Judite, Baruc, Eclesiástico, Sabedoria,  1 e 2 de Macabeus e algumas partes do livro de daniel e o livro de Ester. Estes sete livros são chamados «deutero canónicos», quer dizer, de uma segunda (deutero) lista (cânon).

 

(Informações na Folha da Paróquia, 2.º Domingo do Advento)

 

Esperamos que com mais esta parte sobre a História da Bíblia, possas ficar mais enriquecido e a queiras agora conhecer mais e melhor...lendo-a.

Boa leitura da Bíblia...

Publicado por gjemanuel-chaves às 15:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
1 comentário:
De José a 8 de Janeiro de 2009 às 00:30
revise o tempo biblico que esta errado pois a biblia foi escrita a mais ou menos 4000 anos,calculando desde a criação no velho testamento


Comentar post

BlogBlogs

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Santo Natal e Próspero An...

Atividades de Natal

Convívio de S. Martinho 2...

Benção das Camisolas

OBRIGADO(A) PELAS 0010005...

Resposta ao Comentário so...

Preparação para Domingo

Camisolas do Grupo

Reunião de 16 de Outubro

Reportagem sobre o Convív...

Arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Links

On-line

online

Visitas


View My Stats
blogs SAPO

subscrever feeds