Add to Technorati Favorites
Segunda-feira, 28 de Março de 2011

Rezar na Quaresma - 2ª Feira, 3º Semana da Quaresma

Deixamos-te agora o texto de hoje do livro Rezar na Quaresma.

 

Lucas 4, 24-30

Mas Jesus, passando pelo meio deles seguiu o seu caminho.

 

«Jesus é fiel à sua missão. As suas palavras e os seus gestos dizem sempre o amor que experimentou do Pai. Mas há quem não o aceite. Quem o rejeite. Quem o calunie. Quem o queira agredir. Mas Jesus permanece fiel. Passa pelo meio deles sem medo. Sem se desviar do seu caminho e da sua missão.»

 

«Rezo-te hoje de joelhos.

Envergonhado com a minha infidelidade.

Com a minha dificuldade em seguir o caminho de vida feliz que me popuseste.

Sei que mesmo assim não me rejeitas.

Sei que estando perto de Ti vai crescer a minha fidelidade.» 

Publicado por gjemanuel-chaves às 18:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Adoração ao Santíssimo

Olá! Ontém o nosso grupo de jovens reuniu pelas 16horas para organizar a Adoração ao Santíssimo
que iriamos apresentar pelas 17 horas na Igreja Matriz. Na reunião do grupo fez-se um pequeno ensaio das músicas e distribuição de leituras pelos jovens para a Adoração ao Santíssimo.

 

Apresentamo-te a oração completa de  Adoração ao Santíssimo.


Cântico inicial: Em nome do Pai

Em nome do Pai

Em nome do Filho

Em nome do
Espírito Santo

Estamos aqui. (2 vezes)

 

Para louvar e agradeçer

Bendizer e adorar

Estamos aqui Senhor

Ao teu dispor

Para louvar e agradecer

Bendizer e adorar

E aclamar,
Deus trino de amor.

 

Introdução:

Jesus chamaste-nos para estarmos contigo durante esta próxima hora, para te louvar, adorar, pedir, agradcer e assim prepararmos o nosso coração para ressuscitarmos contigo. Sabemos que Deus nos chama a fazermos tudo por Ele; a responder a quem nos chama, como se fosse a Ele, a fazer sempre a sua vontade.

 

Todos: Ó Jesus, presente na Eucaristia, viemos aqui, para vos adorar, para vos agradecer e para vos pedir perdão.

 

Presidente: Jesus, instituido na Eucaristia, quis ser o sacrificio, o alimento, o companheiro da Igreja peregrina que somos nós, a caminho em direcção à casa do Pai. Ele está no meio de nós, caminha a nosso lado para nos unir uns aos outros e para fazer-nos viver na unidade em sua grande família.

 

Todos: Ó Jesus, muito obrigado, por todos os beneficios que, em vosso infinito amor e infinita misericórdia nos concedestes. Nós vos amamos e agradecemos de todo o coração.

 

Leitor: Queremos rezar, não só por nós, nossos familiares e amigos, mas também pelos mais necessitados.

 

Todos: Senhor Jesus Cristo, que nos dissestes; “Amai-vos uns aos outros”, ensinai-nos a amar de verdade e com obras; ensinai-nos a não ser egoístas, a não pensar só em nós. Ensinai-nos a pensar nos outros e a amar sobretudo os que não são amados.

 

Leitor: Senhor, fazei-nos compreender que, existem milhões de seres humanos, vossos filhos e nossos irmãos, que sofrem injustamente, e talvez já sem esperança.

 

Leitor: Alguns vivem a meu lado, na minha rua. Que neste encontro convosco no Sacrário, nós possamos compreender melhor o vosso mandamento “Amai-vos uns aos outros”.

 

De joelhos…

 

Presidente: Senhor, queremos fazer um ato de reparação, de tanta ingratidão contra Vós.

 

Cântico: Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-vo.
Peço-vos perdão pelos que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

 

Presidente: Vamos, diante de Jesus pedir perdão pelos nossos pecados e da sociedade.

 

Leitor: Das injustiças e desamor aos pobres,
marginalizados e trabalhadores;

 

Cântico (refrão): Senhor, tende piedade de nós. Somos o teu povo pecador.

Toma a nossa vida de pecado e dor. Enche-nos o Espírito de amor.

 

Leitor: Pela facilidade com que faltamos à missa, e pela indiferença quando dela participamos.

 

Cântico (refrão): Cristo, tende piedade de
nós. Somos o teu povo pecador. Toma a nossa vida de pecado e dor. Enche-nos o
Espírito de amor.

 

Leitor: Pelas vezes, que não respeitamos, nossos pais, irmãos, professores e pelas vezes que mentimos.

 

Cântico (refrão): Senhor, tende piedade de nós. Somos o teu povo pecador.

Toma a nossa vida de pecado e dor. Enche-nos o Espírito de amor.

 

Invocações:

  • Jesus, eu creio em Vós, mas aumenta a minha fé;
  • Jesus, eu amo-te, mas aumenta o meu amor;
  • Jesus, eu espero em vós, mas aumenta a minha esperança;
  • Jesus, abençoai as nossas crianças e jovens;
  • Jesus, abençoai os nossos Pais;
  • Jesus, abençoai os nossos sacerdotes;
  • Jesus, abençoai os nossos catequistas;
  • Jesus, abençoai as nossas famílias;
  • Jesus, abençoai as pessoas que se dedicam aos outros no voluntariado.


Sentados em
silêncio…


Jesus não tem mãos.

Tem apenas as nossas mãos para construir

Um mundoonde habite

A justiça e a paz.


Jesus não tem pés.

Tem apenas os nossos pés

Para por em marcha

A liberdade e o amor.


Jesus não tem lábios.

Tem apenas os nossos lábios

Para anunciar ao mundo

a Boa Nova dos pobres.


Jesus não tem meios.

Tem apenas a nossa acção

Para fazer com que todos

os homens sejam irmãos.


Jesus dá-nos a tua força

Para desenvolver os nossos talentos

E fazer bem todas as coisas.


De pé…


Introdução ao Evangelho: De pé vamos ouvir a Palavra de Deus com muita atenção e dispostos a acolhê-la no nosso coração.

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S.Marcos (12, 28-34)

Aproximou-se dele, um escriba que os tinha ouvido discutir e, vendo que Jesus lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: «Qual é o primeiro de todos os mandamentos?» Jesus respondeu: «O primeiro é: Escuta, Israel: O Senhor nosso Deus é o único Senhor; amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todo o teu entendimento e com todas as tuas forças. O segundo é este: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior que estes.» O escriba disse-lhe: «Muito bem, Mestre, com razão disseste que Ele é o único e não existe outro além dele; e amá-lo com todo o coração, com todo o entendimento, com todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo vale mais do que todos os holocautos e todos os sacrificios.» Vendo que ele respondera com sabedoria, Jesus disse: «Não estás longe do Reino de Deus.» E ninguém mais ousava interrogá-lo.


Silêncio – Jesus está aqui connosco. Escutamos a sua Palavra. Em silêncio adoremos a Jesus tão nosso amigo, que nos chama a amá-lo e a amar o próximo como a nós mesmos.


Oração: A cada suplica respondemos: Faz-nos, Senhor, crescer no amor


- Quem ama de verdade não deve ter medo de nada, porque faz tudo bem.

Por isso te pedimos: Faz-nos, Senhor, crescer no amor.


- Quem ama cumpre toda a lei, porque todos os preceitos à sua conquista, mas nem todos encontram o lugar onde mora. Senhor nós sabemos que a felicidade se pode encontrar no serviço, na gratuidade, na generosidade, na entrega…no amor.

Por isso te pedimos: Faz-nos, Senhor, crescer no amor.


- O teu convite ao amor é universal, não se dirige só aos amigos, mas também aquelas pessoas de quem não gostamos ou que não podemos ver, continua a custar-nos esta exigência Tua.

Por isso te pedimos: Faz-nos, Senhor, crescer no amor.


Leitor: Senhor, ensina-nos a amar como Tu nos amas. Ajuda-nos a por em prática e a tornar realidade na nossa vida. A tua vontade, de que todos os homens se amem.


Cântico: Como o Pai me amou

Como o Pai me amou

Eu vos tenho amado

Permanecei no meu amor

Permanecei no meu amor.


De joelhos…


Agora vamos lembrar a Jesus todos os jovens que sabem ouvir quando Deus os chama e sabem ir
aos outros, sem medo nem vergonha de mostrar que são amigos de Jesus.

 

- Jesus na Eucarístia, nós te adoramos e te pedimos pelos jovens que não têm medo nem
vergonha de ser teus amigos.

Todos – Jesus na Eucaristia, nós te adoramos.


- Jesus na Eucaristia, nós te adoramos e te pedimos por todas as pessoas que sabem responder quando Deus as chama e por aquelas que não conseguem ouvir o seu chamado.

Todos – Jesus na Eucaristia, nós te adoramos.


- Jesus na Eucaristia, nós te adoramos e te pedimos por todos nós, que queremos ouvir e
fazer o que Deus nos manda.

Todos – Jesus na Eucaristia, nós te adoramos.


Unidos a Jesus que está diante de nós na Hóstia Consagrada, vamos cantar a oração que Ele nos ensinou…


De pé…


Cântico: Pai Nosso

Vou rezar a oração

Que o Senhor me ensinou

E aprender a amar

Como ele amou

Por todo o mundo

A esperança ele espalhou

Vou agradecer
como ele ensinou.

 

Encontrei um mundo melhor

Com mais fé e alegria

E com muito mais amor

É o mundo da família

Criado por Ti Senhor

À imagem do
teu Pai meu salvador.


Leitor: A família, a primeira educadora, nem sempre consegue cumprir o seu papel de formador ae educadora dos filhos. A família é insubstituível no desenvolvimento integral das pessoas.

Todos: Abençoa Senhor as Famílias.


Leitor: A escola, também tem sua parte de responsabilidade na educação.


Todos: Abençoa Senhor, as Escolas.


Leitor: A Igreja, que recebeu a missão de anunciar o teu Evangelho, precisa de pessoas disponíveis e que se entreguem a este serviço com amor.


Todos: Abençoa Senhor, a Igreja.


Leitor: Maria, mãe das Dores, queremos também neste momento nos lembrar de Ti, e agradecer por que aceitaste ser a Mãe de Jesus e ser nossa Mãe.


Todos: Maria, Mãe de Jesus e nossa mãe, rogai por nós.


Cântico: Nossa Senhora do Sim

Nossa Senhora do Sim

Maravilha, Virgem Mãe

Cuida Senhora d mim

E que eu diga sim também.


Momentos de silêncio…


Despedida: Como foi bom estarmos contigo Jesus estes momentos! Nós vamos alegres e tu vais connosco. Queremos amar-vos muito e amar cada vez mais os nossos irmãos. Que encontremos sempre em vossa Palavra, na Eucarístia e na comunidade o sustento para a caminhada e para a construção do Vosso
Reino. Que vosso amor circule em nossos corações, nas relações humanas e na sociedade, para que possamos transformar o mundo.


Cântico final: Deus de amor

Amor tão grande,

Profundo e sublime

Este é amor do meu criador.

Ao terno
amor do meu bom Jesus.

 

Deus de amor, ó Deus de amor!

Tu és o único, o Deus de amor!

Não há outro
Deus, fora de Ti!

Fora de Ti,

para mim

Não há amor!


Depois da oração de Adoração ao Santíssimo, o grupo de jovens participou na Eucarístia das 18horas, dando voz a sua voz a esse coro.

 

Podes ver todas as fotos na nossa Página no Facebook.

Até breve com mais novidades…

Publicado por gjemanuel-chaves às 17:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sábado, 26 de Março de 2011

Actividades de Domingo

Olá! Amanha o Grupo vai reunir pelas
16 horas (excepcionalmente), fazendo um pequeno ensaio das músicas para o
domingo seguinte e fazendo alguns preparativos para a Adoração ao Santíssimo,
que iremos apresentar na Igreja Matriz, pelas 17horas. Depois da Adoração ao
Santíssimo, iremos participar na Eucaristia das 18horas.

 

 

Vem participar connosco na Adoração ao Santíssimo na Igreja
Matriz, pelas 16horas

Publicado por gjemanuel-chaves às 23:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Rezar na Quaresma - 4º Feira, 2ª semana da Quaresma

Aqui está o texto de hoje, do livro Rezar na Quaresma.

Mateus 20, 17-28

«Quem quiser tornar-se grande, seja vosso servo.»

 

«A maioria das nossas relações baseia-se no desejo de controlar, dominar, o outro.

E daí nasce a opressão do mais fraco. Ou a mentira e as máscaras para fugir a esse domínio. Não haverá outro estilo de vida? Para quem segue Jesus, há. Quem ama como Ele, não tem medo, não precisa de controlar o outro. Quer apenas amá-lo. E o amor leva ao serviço.»

Aquário

«Deixa-me olhar para Ti.

Preciso de aprender a amar como Tu.

Sem medo de perder.

Só em Ti, Jesus posso aprender

a a estar bem com os outros.»

 

Um bom dia para TI...

Publicado por gjemanuel-chaves às 11:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 22 de Março de 2011

Rezar na Quaresma – 3ª Feira, 2º Semana da Quaresma

Olá!
Partilhamos o texto de hoje: 3º feira, da 2ª semana da Quaresma, do livro rezar
na Quaresma.

 

Mateus 23, 1-12

«Um só é o vosso Pai, o Pai do céu…»

 

«Quem é o teu pai? Quem é que te “fez”? Não falo do teu pai
biológico, claro. Falo dos professores que te moldaram. E dos amigos e
vizinhos. E das tradições e valores que recebeste. E dos media, dos livros que
leste, dos filmes que te comoveram, das canções que te fizeram dançar. Dos
encontros e confrontos de amor que te alegraram o coração ou te fecharam.

Quem te fez como és hoje? Tanta gente, tantos processos…Mas
Jesus, traz-te uma novidade perigosa: um só é o teu “pai”. Só uma fonte conta
mesmo para ser feliz: o amor terno e constante desse Deus a quem Jesus chama
Pai.»

 

«O teu amor de Pai me liberta, me abre horizontes novos.

Já não vivo de coração fechado pelo amor que não me deram.

A minha verdade mais profunda está em Ti.

Boa semana

Publicado por gjemanuel-chaves às 22:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 21 de Março de 2011

Reunião - Preparação da Adoração ao Santíssimo

Ontém o  Grupo de Jovens Emanuel reuniu e foram feitas diversas coisas (desde a oração, ate à preparação da próxima atividade: Adoração ao Santíssimo).


Deixamos-te aqui a oração que foi feita no grupo:


Texto do livro: Rezar na Quaresma:

Mateus 17, 1-9

«Este é o meu filho muito amado,

No qual pus todo o meu agrado. Escutai-O.»


«Quem é este Jesus de que tanto se fala? Aprendi umas coisas sobre Ele, na catequese, quando era mais novo. Oiço umas teorias na televisão. Sinto-me confuso com tantas respostas diferentes.

Não sou o único com dificuldades em perceber quem é Jesus. Os seus seguidores também estavam confusos. E Deus tomou a Palavra. E explicou: Jesus é o seu filho. Aquele a quem Deus entregou todo o seu amor.

Jesus é amado. Não sei a sua altura, nem qual a cor dos seus olhos. Uma só experiência o define: Ele é o “Amado” de Deus. Começa a escutá-lo. E também tu farás a experiência a que Ele fez: de ser amado pelo Pai.»


«Há tanto barulho.

Mas também dentro do meu coração.

E fica dificil ouvir o que tens para me dizer.

Dá-me o silêncio para rezar.

Dá-me a calma para te reconhecer.

Dá-me a serenidade para te acolher.»


Depois da oração fizemos o planeamento da próxima atividade que iremos fazer: Adoração ao Santíssimo (esta vai ser apresentada no próximo domingo pelas 17:00 horas na Igreja Matriz).

Esta semana alguns do grupo de jovens vão se encontrar para organizar a oração para a Adoração ao Santíssimo.


Programa do próximo domingo:


16:00 – Reunião do grupo (onde se fará o ensaio para a Eucaristia do 1º domingo de Abril, em que o grupo irá cantar e se distribuirá as leituras pelos jovens, para a Adoração ao Santíssimo);

17:00 – Adoração ao Santíssimo na Igreja Matriz;

18:00 – Participação na Eucarístia.

Este é o programa do próximo, que tem uma alteração excepcional, que é a reunião do grupo ser às 16:00, devido a termos de seguida a organização da Adoração ao Santíssimo.

Contamos com a tua participação na Adoração ao Santíssimo, dia 27 de Março, na Igreja Matriz.


Despedimo-nos, prometendo trazer em breve mais notícias…

Boa semana.

Publicado por gjemanuel-chaves às 10:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sábado, 19 de Março de 2011

Rezar na Quaresma-Dia de S. José

Ontém o grupo participou na Via Sacra, tendo lido e pegado na cruz e velas, da 12º, 14º e 15º Estação, onde correu bem, fizemos o nosso caminho pela Via Sacra, ou caminho Sagrado, que Jesus dez, desde a sua condenação, morte e ressurreição ao 3º dia.

 

Partilhamos agora o texto de hoje, do livro: Rezar na Quaresma, com o texto sobre S. José, que se celebra hoje, sendo também este dia o Dia do Pai.

S.José

 

Mateus 1, 16.18-21.24a

pois Ele salvará o seu povo dos seus pecados...

 

«Falar de pecados parece fora de moda. Não faz mal:

hoje a liturgia celebra um homem extraordinário,

S. José, também ele fora de moda. Um homem

convidado a amar, a ser pai, para uma criança frágil. E ele aceita, pois acredita que esse menino
será o libertador dos nosso pecados. Será o Messias que nos tira da espiral de
ódio e violência a que parecíamos condenados.»


«Rezo-te hoje, Senhor, por todos os pais do Mundo.

Que eles saibam dar aos nossos filhos.

A Palavra que salva e dá sabor à vida.

Que eles os saibam proteger

Das palavras vazias,

Das palavras agressivas,

Das palavras falsas.»

 

Terminamos o post de hoje desejando grande felicitações a
todos os Pais do Mundo, por serem importantes como Pais, fazendo parte da
família e como importantes neste mundo.

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 12:09
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Rezar na Quaresma - 6ª feira, 1ª semana da Quaresma

Olá! Depois da impossibiblidade de não conseguirmos apresentar os textos relativos a quarta e quinta feira do livro: Rezar na Quaresma, apresentamos-te hoje o texto relaccionado com o dia de hoje: 6ª feira, da 1ª semana da Quaresma.


Mateus
5, 20-26

…deixa
a tua oferta sobre o altar,

Vai primeiro
reconciliar-te com o teu irmão…


«É estranho julgarmos que é possível estar em conflito com os outros e estar em
paz com Deus. É comodo. Mas não é verdadeiro. Se queres proximidade com Deus,
se queres a sua ternura, a sua beleza…vai primeiro reconciliar-te com o teu
irmão. Não percas tempo a rezar se o teu coração está ainda em guerra com
alguém.


Não vais conseguir encontrar Deus no silêncio da tua oração.

Ele mudou-se. Só o vais encontrar quando deres passos para fazer as pazes.»


«És um Deus que ama as pontes.

Tu, que és amor, mão não queres isolados.

Tu, que és comunhão, tira-nos dos nossos egoísmos.

És um Deus que nos empurra para o perdão.

És um Deus que sempre nos sugere formas criativas de dar o primeiro passo.»

perdão, reconciliação, dar a mão

Terminamos este texto, lembrando que hoje à noite, pelas 21horas o grupo irá participar na Via Sacra, na Igreja Matriz.


Até breve...

Publicado por gjemanuel-chaves às 18:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 15 de Março de 2011

Rezar na Quaresma - 3ª Feira - 1ª Semana da Quaresma

Apresentomos-te o texto relativo ao dia de hoje, do livro Rezar na Quaresma.

Mateus 6, 7-15

...não digais muitas palavras...

 

 

«Tantas palavras ditas por dia! Conversa fiada sobre o tempo, sobre a novela, sobre a bola. Emails, sms, tweets vazios...apenas para cumprir a rotina. O risco está em que as palavras da nossa oração se tornem do mesmo género: vazias, rotineiras, inócuas. Por isso é que Jesus insiste no apelo a uma oração simples e sincera. A uma oração que se torna prelúdio de um empenho concreto.»

 

«Quero falar contigo, Pai nosso, com palavras simples. Já aprendi que não olhas à quantidade das palavras mas à sua qualidade; à sua capacidade de se tornarem sinais do teu amor. Ensina-me a rezar-te com verdade.»

 

Deixamos-te esta imagem relaccionada com este texto:olhar

 

Um bom dia para ti...

Publicado por gjemanuel-chaves às 18:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

Rezar na Quaresma - 2ª Feira, 1ª Semana da Quaresma

Olá! Apresentamos-te o texto relacionado com o dia de hoje, do livro: Rezar na Quaresma.

 

Mateus 25, 31-46

Tive fome e deste-me de comer...

 

«Falamos muito do amor, do espírito, de coisas complicadas e espirituais. Para Jesus tudo é mais simples. Os discípulos de Jesus, nós seremos avaliados pelo amor que se faz gesto concreto. Que se faz pão partilhado, sede saciada, solidariedade que dá ão irmão o que ele precisa para viver dignamente.

Mas estes gestos não ão somente partilha económica; são gestos de fé.

O que tu fazes ao teu irmão carente é feito ao próprio Jesus.»

 

«Está na hora de o meu amor se fazer acção.

Agora sei que Te posso ver, Senhor, em cada pobre com fome, 

em cada amigo solidário, em cada coração ferido.

Agora sei que Te posso levar a quem precisa.

E sei que quando sirvo alguém, é a Ti que sirvo.»

 

pão, partiha do pão 

Esperamos que este pequeno texto te ajude a reflectir neste dia.

Publicado por gjemanuel-chaves às 16:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

1º Domingo da Quaresma

Olá! Hoje apresentamos-te o que fizemos na reunião do grupo de ontem.

 

Iniciamos com a Mensagem do Papa bento XVI para a Quaresma (que aqui iremos transcrever a primeira parte):

 

 

A justiça de Deus está manifestada 
mediante a fé em Jesus Cristo 
(cfr Rom 3, 21–22 )

 

 

 

Queridos irmãos e irmãs,

 

todos os anos, por ocasião da Quaresma, a Igreja convida-nos a uma revisão sincera da nossa vida á luz dos ensinamentos evangélicos . Este ano desejaria propor-vos algumas reflexões sobre o tema vasto da justiça, partindo da afirmação Paulina: A justiça de Deus está manifestada mediante a fé em Jesus Cristo (cfr Rom 3,21 – 22 ).

 

Justiça: “dare cuique suum”

 

Detenho-me em primeiro lugar sobre o significado da palavra “justiça” que na linguagem comum implica “dar a cada um o que é seu – dare cuique suum”, segundo a conhecida expressão de Ulpiano, jurista romana do século III. Porém, na realidade, tal definição clássica não precisa em que é que consiste aquele “suo” que se deve assegurar a cada um. Aquilo de que o homem mais precisa não lhe pode ser garantido por lei. Para gozar de uma existência em plenitude, precisa de algo mais intimo que lhe pode ser concedido somente gratuitamente: poderíamos dizer que o homem vive daquele amor que só Deus lhe pode comunicar, tendo-o criado á sua imagem e semelhança. São certamente úteis e necessários os bens materiais – no fim de contas o próprio Jesus se preocupou com a cura dos doentes, em matar a fome das multidões que o seguiam e certamente condena a indiferença que também hoje condena centenas de milhões de seres humanos á morte por falta de alimentos, de água e de medicamentos - , mas a justiça distributiva não restitui ao ser humano todo o “suo” que lhe é devido. Como e mais do que o pão ele de facto precisa de Deus. Nora Santo Agostinho: se “ a justiça é a virtude que distribui a cada um o que é seu…não é justiça do homem aquela que subtrai o homem ao verdadeiro Deus” (De civitate Dei, XIX, 21).

 

De onde vem a injustiça?

 

O evangelista Marcos refere as seguintes palavras de Jesus, que se inserem no debate de então acerca do que é puro e impuro: “Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa tornar impuro. Mas o que sai do homem, isso é que o torna impuro. Porque é do interior do coração dos homens, que saem os maus pensamentos” (Mc 7,14-15.20-21). Para além da questão imediata relativo ao alimento, podemos entrever nas reacções dos fariseus uma tentação permanente do homem: individuar a origem do mal numa causa exterior. Muitas das ideologias modernas, a bem ver, têm este pressuposto: visto que a injustiça vem “de fora”, para que reine a justiça é suficiente remover as causas externas que impedem a sua actuação: Esta maneira de pensar - admoesta Jesus – é ingénua e míope. A injustiça, fruto do mal , não tem raízes exclusivamente externas; tem origem no coração do homem, onde se encontram os germes de uma misteriosa conivência com o mal. Reconhece-o com amargura o Salmista:”Eis que eu nasci na culpa, e a minha mãe concebeu-se no pecado” (Sl. 51,7). Sim, o homem torna-se frágil por um impulso profundo, que o mortifica na capacidade de entrar em comunhão com o outro. Aberto por natureza ao fluxo livre da partilha, adverte dentro de si uma força de gravidade estranha que o leva a dobrar-se sobre si mesmo, a afirmar-se acima e contra os outros: é o egoísmo, consequência do pecado original. Adão e Eva, seduzidos pela mentira de Satanás, pegando no fruto misterioso contra a vontade divina, substituíram á lógica de confiar no Amor aquela da suspeita e da competição ; á lógica do receber, da espera confiante do Outro, aquela ansiosa do agarrar, do fazer sozinho (cfr Gn 3,1-6) experimentando como resultado uma sensação de inquietação e de incerteza. Como pode o homem libertar-se deste impulso egoísta e abrir-se ao amor?


 

 

Seguiu-se a leitura do texto do livro: Rezar na Quaresma, que vimos na reunião do grupo de jovens.  

O texto é relaccionado com o 1º Domingo da Quaresma, que é hoje.

 

Mateus 4, 1-11

Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito:

Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.»

 

«Este caminho de 40 dias de jejum, de oração, de solidariedade, vai colocar-te em diálogo com o mais profundo e autêntico de ti mesmo. Vais poder viajar a esse lugar interior onde mora a tua liberdade, onde se jogam as grandes opções que fazes na vida. Vais ouvir tentações, respostas fáceis à pergunta sobre o que queres da vida.

E com Jesus tu vais permanercer fiel. Vais conseguir recusar as mentiras atraentes com a força que vem só de Deus.»

 

Este é o tempo de caminhar contigo, Senhor.

De escolher a confiança e a intimidade com o Pai.

De abrir as mãos e o coração às necessidades dos irmãos.

De renunciar à vida fácil.

Contigo a meu lado, Jesus,

sei que chegarei feliz à tua Páscoa.

 

Depois de termos visto este texto, foram apresentadas algumas atividades para se fazer neste periodo da Quaresma, que se destacam:

- A realizacão da Adoracao ao Santissimo (num domingo próximo, antes da Eucaristia das 18horas);

- Ida ao Centro de Convívio da Várzea (num sábado à tarde) animando os jovens que lá se encontram.

 

Estas serão algumas das atividades que iremos preparar no próximo domingo para ser possivel de realizar na Paróquia.


Em breve traremos-te mais novidades.

Publicado por gjemanuel-chaves às 09:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sábado, 12 de Março de 2011

Rezar na Quaresma

A partir de hoje e ate ao final da Quaresma partilhamos contigo pequenos textos retirados de um pequeno livro que nos foi oferecido, que se chama: Rezar na Quaresma: um tempo para purificar a vida (Ano A) e das edições Salesianas (www.edisal.salesianos.pt). Cada página deste livro tem um texto dedicado a acada dia da Quaresma. Hoje partilhamos contigo os textos dos dias: 9 de Março - 4ª Feira de Cinzas; 10 - 5ª Feira depois das Cinzas; 11 - 6ª Feira depois das Cinzas e o dia de hoje - 12 - Sábado depois das Cinzas. Esperamos que estes textos te ajudem a reflectir e ajudar ao longo desta Quaresma.

 

Primeiro texto: 9 de Março - 4ª Feira de Cinzas

 

Mateus 6, 1-6. 16-18

Naquele tempo, Jesus disse aos seus discipulos...

 

«Já tantas vezes ouvimos esta fórmula "Jesus disse..." Hoje começa a Quaresma  e começa com este convite: escutar a palavra que Jesus diz aos seus discípulos, aos seus seguidores. A palavra que Ele diz para nós. Jesus tem coisas importantes a dizer-nos. Estas semanas de caminho até à Páscoa são um tempo belo para escutar com o coração osc convites que Ele nos faz.

O Deus em que acreditamos não é mudo. Gosta de falar connosco. E quando abre a boca, não perde tempo em conversa fiada; fala do que é importante para Ele: a nossa felicidade. O que Ele nos diz é decisivo para vivermos uma vida feliz e cheia de esperança. É sensato abri-lhe os ouvidos e a vida.»

 

Senhor, aqui estou, ao começar esta Quaresma.

Quero dar-Te os meus ouvidos.

Desejo que a Tua palavra toque o meu coração,

mude o rumo da minha vida,

faça renascer a esperança e a alegria.

 

 

Segundo texto: 10 de Março - 5ª Feira depois das Cinzas

 

Lucas 9, 22-25

...quem quiser salvar a sua vida, tem de perdê-la;

mas quem perder a vida por minha causa, salvá-la-á.

 

«Jesus fala de coisas sérias: salvar a vida, perdê-la...

As palavras podem parecer antigas mas falam de algo muito atual: como vais conseguir uma vida plena, feliz? Podes tentar construi-la com as tuas próprias forças. Acumulando seguranças, centrando-te em ti mesmo e no teu bem-estar. Ou podes ir mais longe. Correr o risco. Apostar a tua vida no estilo proposto por Jesus. Dando-te. Amando como Ele.»

 

Senhor Jesus, 

a vida não vem com manual de instruções.

O meu desejo de ser feliz,

mesmo feliz, é grande.

Mas já tentei tantas coisas diferentes,

já percorri tantos caminhos...

e nem sempre encontrei felicidade.

Ajuda-me a correr o risco de confiar em Ti.

 

 

Terceiro texto: 11 de Março - 6ª Feira depois das Cinzas

 


Mateus 9, 14-15

...e nessa altura hão.de jejuar.

 

«Parece estranha, fora de moda, essa coisa do jejum.

Fazer "dieta" para ficar elegante ainda faz sentido...

mas para que serve o jejum? Não será masoquismo?

Não! Faço jejum para ser senhor do meu corpo e dos meus sentidos.

Faço jejum para soltar o coração.

Faço jejum para partilhar o que não como, com aquele que tem fome.

E enquanto faço jejum do alimento, 

aprendo a renunciar a outras coisas:

à violência, à inveja, às palavras agressivas.»

 

Sinto-me longe de Ti, Deus da vida e do amor.

Eu sei que só perto de Ti,

da tua força e da tua ternura, sou feliz.

Mas sinto o coração pesado;

parece que não tenho forças

para me dedicar a mudar de vida.

 

Quarto texto: 12 de Março - Sábado depois Das Cinzas


Lucas 5, 27-32

Jesus viu um publicano chamado Levi, sentando no posto de cobrança e disse-lhe: "Segue-me."

 

«É um convite seco e decidido: Jesus olha para Levi e chama-o.

Convida-o a mudar de vida, a caminhar com Ele. Jesus é assim.

Ele olha para ti, onde tu estás. Podes estar na maior tristeza ou no maior pecado (como Levi que vivia de roubar e explorar os seus vizinhos). Ele olha para ti e vê aquilo em que te pode tornar.

E chama-te. Sem paninhos quentes. Sem muitas explicações. 

Sem te dar tempo para inventar desculpas.

Diz-te: Segue-me. Vem comigo. Vem partilhar o meu estilo de vida. Vem descobrir uma vida mais bela, mais cheia de alegria.»

 

Tu chamas-me, Senhor. Sempre.

Em cada momento da minha vida.

Abre o meu coração e os meus ouvidos ao teu convite.

A onde me chamas, hoje, Senhor?

 

Terminado o texto de hoje, esperamos que este e os textos dos outros dias, apresentados em cima te possam ajudar a refletir e a viver da melhor forma a Quaresma.

 

amanha trazemos-te novidades acerca da reunião do grupo e também o texto de domingo deste livro: Rezar na Quaresma.

 

Até já...

Publicado por gjemanuel-chaves às 17:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Via Sacra na Igreja Matriz

Olá! Ontém o grupo de jovens participou na 1ª Via Sacra da Quaresma (que se inicou na Quarta-feira de Cinzas). A oração de Via Sacra inicou-se na Igreja Matriz pelas 21 horas e terminou perto das 21.45. Como é habitual, cada grupo existente da Paróquia, pega na Cruz e nas velas de uma das estações da Via Sacra. O grupo de jovens participo na 12º até à 15º estação da Via Sacra, pegando na Cruz e nas velas. Na próxima sexta-feira além de cada grupo pegar na Cruz e velas de uma das 15 Estações, irá ler as leituras respetivas de uma estação.


Deixamos-te aqui algumas notas sobre o que é e qual a importância da Via Sacra 

Via Crúcis (do latim Via Crucis, "caminho da cruz") é o trajeto seguido por Jesus Cristo carregando a cruz que vai do Pretório até o Calvário. O exercício daVia Sacra consiste em que os fiéis percorram mentalmente a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o Pretório de Pilatos até o monte Calvário, meditando simultaneamente à Paixão de Cristo. Tal exercício, muito usual no tempo da Quaresma, teve origem na época das Cruzadas (do século XI ao século XIII): os fiéis que então percorriam na Terra Santa os lugares sagrados da Paixão de Cristo, quiseram reproduzir no Ocidente a peregrinação feita ao longo daVia Dolorosa em Jerusalém. O número de estações, passos ou etapas dessa caminhada foi sendo definido paulatinamente, chegando à forma atual, de quatorze estações, no século XVI. O Papa João Paulo II introduziu, em Roma, a mudança de certas cenas desse percurso não relatadas nos Evangelhos por outros quadros narrados pelos evangelistas. A nova configuração ainda não se tornou geral. O exercício da Via Sacra tem sido muito recomendado pelosSumos Pontífices, pois ocasiona frutuosa meditação da Paixão do Senhor Jesus.

Por “Via Sacra” entende-se um exercício de piedade segundo o qual os fiéis percorrem mentalmente com Cristo o caminho que levou o Senhor do Pretório de Pilatos até o monte Calvário; compreende quatorze estações ou etapas, cada uma das quais apresenta uma cena da Paixão a ser meditada pelo discípulo de Cristo:

  1. Estação: Jesus é condenado à morte
  2. Estação: Jesus carrega a cruz às costas
  3. Estação: Jesus cai pela primeira vez
  4. Estação: Jesus encontra a sua Mãe
  5. Estação: Simão Cirineu ajuda a Jesus
  6. Estação: A Verônica limpa o rosto de Jesus
  7. Estação: Jesus cai pela segunda vez
  8. Estação: Jesus encontra as mulheres de Jerusalém
  9. Estação: Terceira queda de Jesus
  10. Estação: Jesus é despojado de suas vestes
  11. Estação: Jesus é pregado na cruz
  12. Estação: Jesus morre na cruz
  13. Estação: Jesus morto nos braços de sua Mãe
  14. Estação: Jesus é enterrado

Existem diversas meditações de autores espirituais sobre a via crucis ou via sacra, dentre elas as que foram utilizadas em Roma, durante os últimos anos foram: Via Cucis com a Mãe, 2006; Via Crucis do card.Ratzinger, 2005; Via Crucis de João Paulo II, 2004; Via Crucis de João Paulo II, 2000; Via Crucis de Karol Wojtyla, 1976 e ainda são conhecidas as Via Crucis de São Josemaría Escrivá e a Via Cucis de Ernestina Champourcin, 1952.

Quando associado à Via Crucis, Jesus é especialmente venerado sob o nome de Nosso Senhor dos Passos.

 

Até breve com mais novidades...

Publicado por gjemanuel-chaves às 17:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 8 de Março de 2011

Convívio de Carnaval

Ontém realizamos ontem pelas 20horas o Convívio de Carnaval no Salão Paroquial ao lado da Igreja Matriz de Chaves.

O convívio começou com o lanche pelas 20 horas (onde cada um levou alguma coisa para partilhar) e já ia mascarado com o seu disfarce. Todos os disfarces surpreenderam muito, pela originalidade e criatividade que cada um apresentou. 

 

Oração sobre o Carnaval

 

Texto: O espantalho


«Uma vez um pintassilgo foi ferido numa asa por um caçador. Durante algum tempo conseguiu sobreviver com aquilo que encontrava. Depois, terrível e gélido, chegou o Inverno.

Uma fria manha, procurando alguma coisa para meter no bico, o pintassilgo pousou num espantalho. Era um espantalho muito amigo de todas as aves do céu. Tinha um corpo de palha metido num velho fato de cerimónia; a cabeça era uma grande abóbora laranja e duas nozes com olhos. O espantalho, gentil como sempre, perguntou-lhe:

- Que te aconteceu, pintassilgo?

O pintassilgo suspirou:

- O frio está a matar-me e não tenho onde me refugiar. Para não falar da alimentação. Penso que não chegarei á primavera.

- Não tenhas medo. Refugia-te aqui debaixo do meu casaco. A minha palha está seca e quente.

E assim, o pintassilgo encontrou uma casa no coração de palha do palhaço. Ficava o problema do alimento. Era cada vez mais difícil para o pintassilgo encontrar sementes.

Um dia em que tudo estava coberto de geada, o espantalho disse-lhe docemente:

- Pintassilgo come os meus dentes: são óptimos grãos de milho.

- Mas tu ficaras sem boca!

- Parecerei muito mais sábio.

O espantalho ficou sem boca, mas estava contente porque o seu pequeno amigo vivia. E sorria-lhe com os olhos de noz. Alguns dias depois foi a vez do nariz de cenoura. Disse-lhe:

- Come-o. É rico em vitaminas.

- Chegou depois a vez das nozes que serviam de olhos. Disse o espantalho ao amigo pintassilgo:

- Basta-me ouvir os teus contos.

Finalmente ofereceu também a abóbora que servia de cabeça.

Quando chegou a primavera, o espantalho já não existia. Mas o pintassilgo estava vivo e voava no céu azul.

 

(momento de reflexão)

Preces:

1 – Na sociedade de ilusões em que vivemos ajuda-nos Senhor a distinguir o real do imaginário.

2 – Dá-nos força, Senhor, para separar o obstáculo que é fraqueza humana.

3 – Ensina-nos Senhor a demonstrar o melhor que há em nós, sem utilizar disfarces que distorçam a nossa verdadeira identidade.

4 – Senhor que os nossos rostos não sirvam de abrigo para qualquer máscara, mas que sejam a imagem de nós próprios.

5 – Ajuda-nos Senhor a vencer as tentações da sociedade em que vivemos.


…SENHOR ESCUTA A NOSSA ORAÇÃO…

Senhor escuta a nossa oração

Não é fruto de um momento passageiro

Nem uma obrigação para contigo

Ela brota do mais intimo do coração;

Do desejo e busca para estar a teu lado.

A nossa oração surge de corações

Ardentes de amor por ti

Ao teres sentido nas nossas vidas

O teu infinito amor para connosco.

A nossa oração, é Senhor,

A súplica do pobre que tudo espera de ti;

A oração do mendigo que sabe que para viver

Nós Senhor, somos a pobreza.

Tu a riqueza.

 

Dinamica...

Cada jovem foi convidado a escrever ou desenhar alguma coisa acerca da sua máscara, a que usa no dia-a-dia. 

No final de cada preencher a sua folha de papel, guardaram-se e ao longo da Quaresma os jovens em cada domingo serão convidados a continuar a escrever coisas acerca de si na folha e no final, perto da Páscoa iremos realizar uma oração onde cada jovem irá queimar a sua folha, num ato simbólico, demonstrando a mudança de si, ao longo da Quaresma, até há Páscoa; tal como Jesus Cristo, que passou da morte para a vida eterna.


 

Baile de Máscaras

 

De seguida tivemos o Baile de Máscaras, que teve como júris: Vítor Melo, Inês Sá e Rául Ramos. No baile cada um com o seu disfarce, desfilava pela sala, mosntrando um pouco da sua personagem no qual estava mascarada e também de criatividade. 

Cada um foi desfilando e os júris íam escrendo a sua pontuação para o melhor e a melhor mascarada.

No final do desfile, cada mascarado(a) esteve à frente do júri e foi-lhe atribuida a votação, sendo que foi descoberto o melhor mascarado: Filipe Silva. No caso da melhor mascarada houve um empate entre 6 raparigas. Sendo assim, as 6 raparigas voltaram a desfilar, tentando demonstrar ao júri que eram as melhores, mais divertidas e originais do Baile de Máscaras.

Para decicir quem seria a melhor mascarada do baile, os jovens puderam votar e quem ganhou foi....a Inês Melo.

O prémio para o Filipe foi um chupa-chupa grande, tal como para a Inês, tendo ainda esta uma máscara dourada - simbolo das máscaras de Veneza; foi ainda entregue a todos um certificado de participação no Convívio de Carnaval.

 

Filme - Gru, o maldisposto

Para terminar o convívio, assistimos ao filme Gru, o maldisposto.

Aqui fica o trailler do filme:


Como não foi possível ver o filme todo, ficou combinado que na próxima sexta-feira depois da participação do grupo na Via Sacra, fazer um pequeno lanche de convívio e acabar de ver o filme.



Poderás ver na nossa pagina no facebook algumas fotos que demonstram os diversos momentos do convívio.

 

Até breve...

Publicado por gjemanuel-chaves às 16:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
BlogBlogs

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Santo Natal e Próspero An...

Atividades de Natal

Convívio de S. Martinho 2...

Benção das Camisolas

OBRIGADO(A) PELAS 0010005...

Resposta ao Comentário so...

Preparação para Domingo

Camisolas do Grupo

Reunião de 16 de Outubro

Reportagem sobre o Convív...

Arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Links

On-line

online

Visitas


View My Stats
blogs SAPO

subscrever feeds