Add to Technorati Favorites
Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Papa pede orações para os sacerdotes e seminaristas

Hoje destacamos uma mensagem do Papa Bento XVI, no qual ele pede orações para os sacerdotes e seminaristas.

 

 

 

P.S.: Toda a informação acima mencionada foi retirada do site da Eclesia - Igreja Católica em Portugal.

«Bento XVI pediu esta manhã orações pelos padres e por todos quantos se preparam para receber “o dom extraordinário do ministério sacerdotal”. O Papa, dirigindo-se a cerca de 3000 pessoas presentes em Castel Gandolfo, afirmou que nos dias de hoje “precisamos de sacerdotes que sejam testemunhas da infinita misericórdia de Deus, através de uma vida conquistada por Cristo”.

A audiência desta Quarta-feira, que decorreu na residência de férias de Bento XVI, centrou-se na importância da formação dos sacerdotes e seminaristas. A Castel Gandolfo acorreram fiéis do Canadá, de Espanha, de Portugal, do Brasil, da Alemanha, da Áustria, da Polónia, da Croácia e também de Itália.

O Papa recordou a figura histórica de São João Eudes, que prestou um “grande contributo para a fundação de congregações religiosas dedicadas a formar sacerdotes”.

São João Eudes “encorajou seminaristas a crescerem na santidade e a confiar no amor de Deus revelado na humanidade”.

Durante este Ano Sacerdotal o Papa pediu orações pelos padres e pelos seminaristas para que, “inspirados por todos os santos, se tornam homens de verdade, amor, misericórdia, humildade e paciência, renovados na santidade e zelo pastoral”.

Bento XVI recordou a Exortação Apostólica pós sinodal Pastores dabo vobis, de João Paulo II, para reafirmar a importância da formação do clero, afirmando ser o “verdadeiro ponto de partida” para uma “autêntica reforma de vida e apostolado dos sacerdotes”.

A formação é, segundo o Papa, o “ponto central para que a «nova evangelização» não seja um slogan atraente mas se traduza em realidade”.

Ao peregrinos de língua portuguesa, presentes em Castel Gandolfo, Bento XVI agradeceu a sua presença e fez votos para que “o encontro com o Sucessor de Pedro revigore, em todos vós, o fervor espiritual para assim testemunhardes, com as vossas vidas, da Mensagem Salvadora de Jesus Cristo”.»

Publicado por gjemanuel-chaves às 16:57
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Oração - A caminho

Continuamos aqui a partilhar o nosso arquivo de orações e outras coisas contigo. A oração que te apresentamos hoje, tem como tema: A caminho e foi realizada pela Paula Nascimento, aquando de mais um inico de ano em Setembro, (não sabemos a data em concreto da realização desta oração).

 

Cântico: Deus de amor

 

Texto:

...Toda a nossa vida está caracterizada por perguntas com sentido e significado. "Quem procurais?" Esta foi a primeira questão que Jesus fez aos jovens que o seguiam. Estes jovens apaixonados pela vida, crentes e inquietos, escutaram a Palavra de Deus e seguiram-no. Sem rodeios eles respondem com outra pergunta: "Mestre onde moras?" Jesus com ternura incomparável responde: "Vinde e vede."

Jesus continua a dirigir este convite aos jovens de hoje! Ele quer fazer brotar em nós o sentido de busca, o sentido de encontro cara a cara com Ele, para medir forças e esperanças. Os jovens de hoje desejam uma vida plena, mas muitas vezes uma vida plena que vai para além dos limites. Não procuram a verdade, não querem aceitar aquilo que dá sentido à vida, vivem apenas de ilusões e não procuram dar respostas positivas ás questões que lhes vão surgindo.

Para dar resposta certa temos de superar o vazio e a angústia com muita fé. O homem precisa com frequência de procurar respostas que apresentem os valores como pano de fund, respostas autênticas carregadas de esperança.

A procura religiosa dos jovens de hoje fica incompleta quando a verdade do encontro com o Absoluto não se dá. Porquê? Porque com frequência se apresentam vendedores de falsas esperanças a um preço muito baixo que se aproveitam da sede de Absoluto a que se aspira. Mas a magia e o culto da natureza, as promessas do horóscopo, não estão no âmago daqueles que anseiam respostas adequadas às exigências da sua vida. A procura sincera do bem e de Deus nos jovens de hoje, tem de ser mesmo completa. 

Aos nossos interrogantes  não bastam as respostas da doutrina ou de uma escola da vida. Como os jovens do Evangelho, procuramos Jesus. Aquele que nos revela a sua identidade e nos revela também a nossa. Lê até aos nossos anseios mais profundos que Ele conhece tão bem! Sabe quem somos, fala-nos da sua vida e dá um significado muito concreto à nossa, explicando-nos as suas opções e orientações para que a nossa vida seja diferente. Ele continua a perguntar: "Quem procurais?"

Ele responde rivatilizando o nosso desejo da procura. Ele não se cansa de perguntar: "E tu, quem procuras? E tu, quem dizes que eu sou? E tu já tentaste experimentar, descobrir onde moro? Qual o preço do seguimento?

Para estas perguntas não são precisas magias, nem vendedores baratos que possivelmente darão falsas respostas. Só ele te poderá dar a força necessária para o descobrires e deixares tudo, seguindo-O, não pelos caminhos da Palestina, mas pelos caminhos do mundo que precisa de sangue novo, capaz de dar a vida. 

Procuremos dar sentido profundo ao "vinde e vede", que Jesus nos faz continuamente.

 

Reflexão...

 

A fábula da Preguiça

Esta é a história sobre 4 pessoas: Todo o mundo, Alguém, Qualquer um e Ninguém.

Havia um grande trabalho a ser feito e Todo o Mundo tinha a certeza que Alguém o faria. Qualquer um poderia tê-lo feito, mas Ninguém o fez. Alguém se zangou porque era um trabalho de Todo o Mundo.

Todo o Mundo pensou que Qualquer Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Todo o Mundo deixasse de fazê-lo.

Ao final, Todo o Mundo culpou alguém quando Ninguém fez o que Qualquer um poderia ter feito.

 

- Com qual destas personagens te identificas?

- Que "grandes trabalhos" tenho este novo ano?

 

Salmo de um coração disponivel...

 

O Senhor pôs o olhar sobre nós;

Colocou em nós a sua confiança e esperança.

O Senhor Deus falou

E conta connosco.

 

Jesus conta connosco

Para devolver a luz onde há escuridão.

Conta connosco

Para construir entre toda a civilização do amor.

Lá onde há egoísmo, tristeza e angústia.

 

Conta connosco

Para lutar pela paz,

Num mundo onde muitas vezes 

A solução se encontra

Recorrendo ao uso da força.

Jesus conta connosco.

 

Conta connosco

Para que a sua palavra chegue

Ao último rincao desta terra

Conta connosco

Para semear a semente

Do seu evangelho;

Semente que produz

Frutos de fraternidade e amor.

 

Jesus pôs os seus olhos em nós,

e diz-nos que sejamos sal da terra.

Sal para dar sentido à vida;

Para fazer ver que merece a pena ser vivida

Desde o projecto de Jesus.

 

Sal, porque do mesmo modo

Que sem ela a comida não é agradável,

Sem Jesus, sem a sua presença viva,

entre nós,

a nossa vida torna-se insipida.

 

Nós queremos ser o sal da terra

E a luz do mundo

Porque o cristão não perdeu a sua vigência

Porque nunca como hoje foi importante

Porque sempre terá algo para dizer.

 

Todos:

Nós queremos ser sal que dá sentido e felicidade ao Mundo.

Conta connosco Senhor.

Queremos ser luz que ilumine

E mostre o rosto de Deus,

O Deus de Amor

Conta connosco Senhor.

 

Pai Nosso...

 

Oração de compromisso:

 

Reunidos em teu nome, queremos celebrar a fé!

Queremos incuti-la neste grupo, que nos confiaste este dom!

Queremos ser no seio da Igreja a que pertencemos, sinais de paz, de amor e fraternidade.

Queremos semar no coração de cada jovem como nós.

A admiração por Jesus de Nazaré, aquele que nos convoca

Em cada instante para a missão evangelizadora.

Juntos queremos descobrir caminhos novos.

Juntos queremos aprender o amor à Eucaristia.

Juntos queremos descobrir o teu rosto de amor,

escrito nas fontes do Evangelho.

Ensina-nos a sermos acolhedores, afáveis, humildes, simples

e mansos no trato com aquele que nos confias

e nos que vivem ao nosso lado.

Derrama sobre nós o teu espírito de sabedoria

para juntos descobrirmos a beleza dos teus dons.

Torna-nos fiéis mensageiros dos teus dons.

Torna-nos fiéis mensageiros do teu reino,

Jovens entusiastas pela vivência do carisma eucaristico franciscano

Que nos acolhe como filhos e nos ajuda a descobrir o encanto do teu rosto.

Confiamos-te a nossa vocação cristã, que as sementes nela lançadas sejam capazes de morrer para dar fruto abundante a boas obras.

Amén.

 

Cântico final: O Senhor é meu Pastor

 

Até breve...

 

P.S.: Partilha connosco a tua opinião ou mesmo o que pensas para ti sobre esta oração...

Publicado por gjemanuel-chaves às 21:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Domingo, 2 de Agosto de 2009

Jornal Semeando - Junho de 2009

Para terminar por hoje com as novidades, apresentamos agora a edição de Junho de 2009 do Jornal Semeando, (do grupo Juventude Eucaristica Franciscana, ao qual o nosso grupo está ligado).

Só hoje nos foi possível actualizar as notícias, no que diz respeito ao Semeando, pois só ontém a Irmã Efigénia nos deu no encerramento o Jornal.

 

Aqui os destaques da edição de Junho do Semeando....

 

Meta:

"E tudo faço por causa do Evangelho, para dele me tornar participante. Não sabeis que os que correm no estádio correm todos, mas só um ganha o prémio? Correi, pois, assim, para o alcançardes. Os atletas impõem a si mesmos toda a espécie de privações: eles, para ganhar um coroa corruptível; nós porém, para ganhar uma coroa incorruptível. Assim, também eu corro, mas não ás cegas, dou golpes, mas não no ar. Castigo o meu corpo e mantenho-a submisso, para quee não aconteça que, tendo pegado aos outros, venha eu próprio a ser eliminado. (1 Cor. 9).

 

Chegámos ao final da corrida proposta para este ano: correr com Paulo até à Meta, que é Cristo.

É tempo de balanço!

Como foi a minha corrida?

Que meta procurei atingir?

Consegui chegar ao fim, ou desisti a meio?

Que mais me custou nesta corrida até Cristo?

Que sacrificios e privilégios experimentei para ganhar esta corrida?

Que prémio me espera? Quem foi o vencedor?

 

Neste tempo que nos lança para o descanso, precisamos encontrar espaço para fazer avaliação da nossa corrida interior.

 

Serei capaz de arriscar um tempo de paragem para medir a minha capacidade de correr até Cristo.

Urge um tempo para Deus, onde sinta o seu abraço de Pai que me acolhe com alegria e amor no final da corrida.

Deus precisa de jovens capazes de lutar, correr, arriscar um mundo melhor.

Deus precisa de mãos abertas, corações disponiveis, olhos atentos, ouvidos despertos e pés prontos para caminhar.

Deus precisou muito de mim neste ano de corrida que terminou.

Respondi-lhe com entusiasmo?

Estou disposto a continuar esta corrida?

Toda a nossa vida é corrida e combate, desafio e luta, aventura e risco.

Talvez tenham faltado as forças, o entusiasmo, a energia e a coragem.

Mas a terei permanecido fiel à pista que o Senhor colocou em meus pés?

 

"Combati o bom combate, terminei a corrida, permaneci fiel." (2 Tim 4)

Mas o bom combate da fé contínua.

Há uma nova corrida...

Cada dia é uma aventura, um passo até Cristo.

Mesmo no descanso das férias, precisamos correr...!

 

Com os grupos...

Dia 25 de Abril, o secretariado da JEF rumou pela segunda vez até Freixo de Espada à Cinta, para acompanhar e visitar os grupos de Freixo e de Ligares.

Estiveram presentes 13 elementos dos grupos referidos. Neste encontro o secretariado trabalhou as frases que couberam aos grupos para aprofundar para a Assembleia da JEF.

No final do encontro, o secretariado foi agradecideo por gestos muito carinhosos por parte dos dois grupos: um cravo de Abril e um simbolo com uma mensagem.

 

Conto - Sete Maravilhas

 

Pedimos a um grupo de estudantes que escrvessem uma lista do que eles pensavam ser "As sete maravilhas do Mundo" dos nossos dias. Houve algumas diferenças mas seguem as respostas que tiveram mais votos:

- As grandes pirâmides do Egipto;

- O Taj Mahal;

- O Grande Canyon;

- O canal do Panamá;

- O Empire State Building;

- A Basilica St-Pierre;

- A Grande Muralha da China.

Enquanto se contavam os votos, a professora nota que um estudante ainda não tinha entregue o seu papel. Então ela pergunta ao jovem se estava a ter dificuldades em fazer a sua lista.

- Sim, um pouco. É dificil de escolher porque existem tantas!

- Diz o que tu já escreveste e talvez te possa ajudar.

O jovem hesitou mas depois disse:

Eu penso que as Sete Maravilhas do Mundo são: ver, ouvir, tocar, provar, sentir, rir, amar.

Toda a turma ficou em silêncio absoluto. Estas coisa são de tal maneira simples e corriqueiras que nos esquecemos até que ponto são maravilhosas!

 

Nestas férias procurarei fomentar em mim um olhar maravilhado e um coração agradecido por tudo quanto o Senhor me concede.

Não me posso distrair nem desperdiçar as suas graças!

 

Visitadores

Dia 10 de Maio, incorporado no encontro de Visitadores do Sacrário em Balsemão, 31 jovens de Ligares, Freixo de Espada á Cinta, Pereira e Passos, particiaram nas actividades propostas pelo secretariado da JEF.

A actividade iniciou com o Cântico das criaturas de Francisco de Assis que, em grupos, trabalharam através de cartolinas e marcadores. Depois, lida e explorada a passagem bíblica de Mt 25, 14-30, foram propostas algumas questões sobre a passagem e a vocação. Após o plenário foi feita uma oração de compromisso e de envio.

 

VIII Assembleia

Pelas 9.30h do dia 23 de Maio, o Santuário de Nossa Senhora de Balsemão, em Chacim, vestiu-se de laranja para acolher a VIII Assembleia JEF. Vários grupos oriundos dos grupos JEF, algumas Florinhas e Visitadores do Sacrário, caminharam, rezaram e celebraram a alegria de viver na corrida para Cristo.

Depois do Acolhimento com o ensaio de alguns cânticos e a distribuição de bonés, fitas e t-shirts, subimos o cabeço do Santuário viajando com S. Paulo, rezando e louvando o Senhor através do canto.

Chegados ao topo, e após um breve intervalo para retemperar as forças, tivemoss uma mesa redonda, onde se tratavm alguns assuntos: a Eucaristia, (Pe. Eduardo), onde foi apresentada a sua estrutura e a importância que tem para qualquer cristão e, sobretudo para um jovem eucarístico como nós; Os jovens de hoje, (Pe José Bento), abordando os interesses dos jovens e as suas carcateristicas nesta sociedade conturbada; e Paulo de Tarso e Francisco de Assis, (rmã Emília Seixas), as suas semelhanças no seguimento de Cristo como meta.

 

Já perto da uma da tarde, celebrámos a eucaristia. Nela apresentámos ao Senhor os envelopes que foram trabalhados nos grupos e durante o ano, para mais tarde serem entregues a outros grupos. Com cânticos  e a ajuda de alguns grupos, a eucaristia, foi sem dúvida o momento mais alto do dia. Nela sentimo-nos mais perto da meta que procurámos.

Terminada  a refeição espiritual, chega o momento do almoço. Os grupos lá se foram juntando de volta dos farnéis e apetite não faltava.

Todo o cabeço reflectia o laranja das t-shrts e um sorriso franciscano que brotava do rosto de cada jovem que procurava ser mais feliz.

 

A tarde cultural iniciou com a abertura por parte de um grupo de jovens orientado pela Ir. Florbela, aludindo às Cartas de S. Paulo e à necessidade de correr até à meta que é Cristo.

Seguidamente, cada grupo apresentou o trabalho baseado numa frase de Paulo que o Secretariado propôs.

Foi uma tarde muito variada e que bem mostrou a capacidade criativa dos jovens e o empenho das irmãs no acompanhamento dos grupos.

No final da apresentação dos grupos, decorreu a troca de envelopes entre os mesmos. A cada grupo calhou um envelope de outro grupo, cheio de mensagens elaboradas ao longo do ano nas reuniões JEF.

Foram ainda chamadas as irmãs reponsáveis pela animação dos grupos JEF, às quais foi dado um pequeno símbolo, manifestandoo assim, o secretariado, todo o apreço que tem pelas irmãs que se dedicam com entusiasmo à causa juvenil.

O encontro terminou com a entrega de um pergaminho contendo a mensagem de esperança e de compromisso para os jovens. Ao mesmo tempo se cantava que acompanhou toda a actividade pastorl deste ano: Com Paulo, corramos para a Meta!

 

Ide e Ensina!

Ide e anunciai o Evangelho,

Porque ninguém deve ficar sem o escutar.

Ide e anunciai o Evangelho,

Porque a ninguém se pdoe negar este tesouro

de e anunciai o Evangelho.

Porque se de graça o recebeste, de graça o deves dar.

Ide e anuncai o Evangelho,

Porque Deus fala-te através da palavra.

Ide e anunciai o Evangelho,

Porque nunca se deve ocultar.

Ide e anunciai o Evangelho,

Porque o que é bom para ti, tens de o partilhar com os outros.

Ide e anunciai o Evangelho,

Porque Deus necessita de ti.

E eu estarei contigo até ao fim dos tempos,

Porquem sem Mim nada podeis fazer;

Porque de Mim te virá a força para anunciá-lo;

Porque tu sozinho não és nada, mas Comigo, és tudo.

Confia em Mim...  

Tu és meu mensageiro...

Confia em MIm.

 

Pedro Muñoz Peñas

 

Correio...

"Trazemos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que se  veja que este extraordinário poder é de Deus e não é nosso. Em tudo somos atribulados, mas não esmagados; confundidos, mas não desesperados, perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não aniquilados. Trazemos sempre no nosso corpo a morte de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifesta no nosso corpo. Estando ainda vivos, estamos continuamente expostos á morte por causa de Jesus, para que a vida de Jesus seja manifesta também na nossa carne mortal.

Assim, em nós opera, a morte, e em vós a vida. Animados do mesmo espírito de fé, conforme o que está escrito: Acreditei e por isso falei, também nós acreditamos e por isso falamos, sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, também nos há-de ressuscitar com Jesus, e nos fará comparecer diante dele junto de vós. E tudo isto faço por vós, para que a graça, multiplicando-se na comunidade, faça aumentar a acção de graças, para a glória de Deus.

(In 2 Cor. 4, 7-15)

 

Cá chegou, mais uma carta para nós.

Fala-nos de um tesouro, o tesouro dos tesouros que transportamos em vasos de barro. Somos frágeis, muito frágeis.

Qualquer coisa pode quebrar o material de que somos feitos. Mas o tesouro não perde o seu valor por isso.

Deus quer guardar o seu amor infinito em nossos vasos frágeis para o podermos espalhar pelo mundo.

Assim, toda a nossa vida está exposta ao perigo...podemos quebrar, adad a nossa fragilidade. Mas animados pela fé, acreditamos que Cristo continua a ressuscitar nas vitórias de cada dia.

Somos atribulados, mas não esmagados, porque nos habita a confiança que nos protege.

Somos confundidos, mas não desesperados, porque nos habita a certeza naquele que nos conhece.

Somos perseguidos, mas não abandonados, porque nos habita a certeza naquele que nos acompanha.

Somos abatidos, mas não aniquilados, porque habita em nós Deus-Amor.

Trazemos no nosso vaso a morte, mas também a vda de Cristo, o amor de Deus.

Cuidemos deste amor...mesmo na fragilidade do nosso vaso.

 

Para terminar ficam aqui os contactos da Juventude Eucarística Franciscana:

Telef.: 273329130

www.sfrjs.org 

 

Em Setembro traremos mais notícias do Semeando...

Até lá, vão ficando com as surpresas que aqui vamos colocando.  

Publicado por gjemanuel-chaves às 15:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Parte II - Oração de S. Francisco

Apresentamos agora a oração, realiazada pela Sandra Alves do grupo.

 

Cãntico: Louvado sejas

 

O cântico do Irmão Sol (ou o Cântico das Criaturas)

Altíssim,o, omnipotente, bom Senhor.

Teus são o louvor, a glória, a honra

E toda a bênção

Só a ti Altíssimo, são devidos;

E homem algum é digno

De te mencionar.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Com todas as tuas criaturas,

Especialmente senhgor irmão Sol,

Que clareia o dia

E com a sua luz nos alumia.

E ele é belo e radiante

Com grande esplendor.

De ti, Altíssimo, é a imagem.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pela irmã Lua e pelas estrelas,

Que no céu formaste claras e preciosas belas.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pelo irmão vento,

Pelo ar, ou nublado

Ou sereno, e todo o tempo,

Pelo qual às tuas criaturas dás sustento.

 

Louvado sejas, meu Senhor

Pela irmã àgua,

Que é muito útil e humilde

E preciosa e casta.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pelo Irmão Fogo.

Pelo qual iluminas a noite.

E ele é belo e jucondo

E vigoroso e forte.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pôr nossa irmã a mãe terra,

Que nos sustenta e governa,

E produz frutos diversos

E coloridas flores e ervas.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pelos que perdoam pôr teu amor,

E suportam enfermidades e tribulações.

 

Bem-aventurados os que sustentam a Paz,

Que por ti, Altíssimo, serão coroados.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

Pôr nossa irmã e Morte corporal,

Da qual homem algum pode escapar.

 

Ai dos que morrerem em pecado mortal!

Felizes os que ela achar

Conformes à tua santissima vontade,

Porque a morte segunda não lhes fará mal!

 

Louvai e bendizei ao meu Senhor,

E dai-lhe graças,

E servi-o com grande humildade.

 

Feflexão...

 

Oração a São Francisco de Assis, (do Papa João Paulo II)

 

Ó São Francisco,

Estigmatizado o Monte Alverne,

O mundo tem saudades de ti,

Qual imagem de Jesus crucificado.

 

Tem necessidade do teu coração

Aberto para Deus e para o homem,

Dos teus pés descalços e feridos,

Das tuas mãos trespassadas e implorantes.

 

Tem saudades da tua voz fraca,

Mas forte pelo poder do Evangelho.

 

Ajuda, Francisco, os homens de hoje

A reconhecerem o mal do pecado

E a procurarem a sua purificação na penitência.

Ajuda-os a libertarem-se

Das próprias estruturas do pecado,

Que oprimem a sociedade de hoje.

 

Reaviva na consciência

Dos governantes a urgência

Da paz nas Nações e entre os Povos.

 

Infunde nos jovens o teu vigor de vida,

Capaz de contrastar as insídias

Das múltiplas culturas da morte.

 

Aos ofendidos

Por toda espécia de maldade,

Comunica, Francisco,

A tua alegria de saber perdoar.

 

A todos os crucificados

Pelo sofrimento,

Pela fome e pela guerra,

Reabre as portas da esperança.

Ámen.

 

Entrega do símbolo...

[neste momento cada um pegou no seu simbolo - um pequenino raminho e com uma oração a São Francisco de Assis]

 

Cântico: Fica entre nós

 

Prece a São FRancisco de Assis

 

Agasalha a minha alma na concha de tuas mãos,

Tal como se fosse um pássaro perdido em busca de abrigo.

Acalenta meu coração junto às dobras do seu manto,

Como a um cordeirnho em busca de paz.

Falas-me com ternura, como fizeste aos peixes,

Para encher de doçura e saber o meu entendimento.

Apascenta as minhas imperfeições,

Como o fizeste com o lobo,

Deixando-o carinhosamente a teus pés.

Eleva os meus pensamentos

Nas asas dos pássaros que voam pelos céus.

Prostra o meu orgulho sobre a relva verde do chão.

Abre meu coração ao teu exemplo,

Como se descerram as corolas das flores para o orvalho da manhã.

Estende-me as tuas mãos

Para que te siga sem esmorecer

Pela estrada do amor, da paz e da humildade.

 

Oração da Paz - Oração de S. Francisco de Assis - Cântico

 

Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz;

Onde houver ódio, que eu leve amor;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erros, que eu leve a verdade;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz;

Ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,

que ser consoldado;

Compreender, que ser compreendido;

Amar, que ser amado;

Pois é dando que se recebe;

É perdoando, que se é perdoado;

E é morrendo que se vive para a vida eterna.

 

Cãntico final: Cântico de S. Francisco de Assis.

 

Com o findar a oração, o grupo terminou o seu convívio com o jantar, no restaurante Romana, onde aí estivemos todos animados e a perpararmo-nos para as férias de verão para depois, entrarmos bem no próximo ano no grupo e nos estudos...

 

Desde já desejamos boas férias para quem agora vaia descansar...quem ainda continua a trabalhar bom trabalho.

Quanto ao nosso blog continuará a estar actualizado durante todo o verão com diversas surpresas...do "baú de recordações".

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Encerramento do Ano do grupo de jovens...

Realizou-se ontém pelas 18:00 horas o convívio de encerramento de mais um ano de grupo de jovens - 2008/09. O convívio teve inicio na casa da Ir. Efigénia, estando presentes quase todos os jovens, excepto a Rita, que não pode estar presente.

O convívio começou com a avaliação feita por cada um do ano do grupo, (como decorreu para cada um o ano, as activcidades que se conseguiram fazer se foram boas e se tiveram bons resultados e se acima de tudo conseguimos ser grupo).

Nesta avaliação que fizemos pode-se concluir que o ano começou bem, até à altura da Páscoa, (onde tinhamos um calendário feito, onde cada um se comprometia a fazer a oração para cada domingo), onde os jovens faziam por aparecer todos os domingos na reunião de grupo.

Depois da Páscoa, devido a alguns começarem com o os exames na universidade e outras razões, fez com que nos domingos seguintes aparecessem poucos jovens e mesmo nalguns domingos nenhum...

Apesar disto, o grupo conseguiu se unir e se organizar, quanto ao coro juvenil na Eucaristia das 11.30 da Igreja Matriz, (os jovens apareciam em maioria no coro, de forma a animar a Eucaristia que participamos).

Verificamos que apesar disto e que em determinados momentos do ano, os jovens pensaram em desistir do grupo e mesmo a pensar, que o grupo iria acabar, por ver tudo um pouco desorientado...conseguimos terminar este ano e neste reflexão fortalecer os laços de amizade entre todos e pensar no próximo ano com outro olhar; pensar que sobretudo conseguiremos atravessar todas as adversidades que nos atravessem pelo caminho e que enquanto estaremos dous ou tres reunidos, Deus está no meio de nós, não nos abandona.

 

Após esta avaliação, seguiu-se a oraçõa feita pela Sandra Alves, que se realizou na capela...que iremos apresentar no post seguinte.

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:25
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
BlogBlogs

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Santo Natal e Próspero An...

Atividades de Natal

Convívio de S. Martinho 2...

Benção das Camisolas

OBRIGADO(A) PELAS 0010005...

Resposta ao Comentário so...

Preparação para Domingo

Camisolas do Grupo

Reunião de 16 de Outubro

Reportagem sobre o Convív...

Arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Links

On-line

online

Visitas


View My Stats
blogs SAPO

subscrever feeds