Add to Technorati Favorites
Domingo, 30 de Novembro de 2008

Reunião Semanal...Preparai os caminhos do Senhor

Olá! Na reunião semanal de hoje do grupo de jovens, como primeiro domingo do advento a Irmã Efigénia trouxe-nos um belo texto para a oração de hoje, de forma a começar bem o Advento, (ficando a oração que o Vítor ia apresentar para o próximo domingo). Sendo este o primeiro domingo do Advento, (dos quatro domingos que fazem parte do Advento - tempo de preparação para o Natal, para a "vinda de Jesus").

 

Âqui fica a oração de hoje...

A oração tinha um easquema especifico: em que um jovem lia a parrte destinada ao animador, outra pessoa lia a parte sbore João Baptista e por fim havia uma parte, em que cada jovem lia um texto.

 

Animador: Estamos reunidos em nome [benzendo-se] Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amen.

 

Animador: Neste nosso encontro de oração queremos olhar para João Baptista, que é sem dúvida, uma figura bíblica fundamental na História da Salvação, em virtude da sua missão de Precursor do Messuas.

Abrindo caminho no nosso coração para o Salvador, rezemos:

Todos: Conduzi, Senhor, a vossa família pelo caminho da salvação, para que, fiel aos ensinamentos do Precursor, São João Baptista, possa ir confiadamente ao encontro de Cristo, por ele anunciado.

Amen. 

 

1. O seu nome é João (Lc 1, 62)

 

João: O meu nome é João. Chamam-me João, o "Baptista" por eu baptizar no rio jordão. Os meus pais são Zacarias e Isabel.

A minha mãe Isabel e Maria de Nazaré, mãe de Jesus, são primas. Um dia, quando já faltavam poucos meses para eu nascer, Maria veio visitar a minha mãe. Sei que, quando a mãe de Jesus encontrou em casa de meus pais, eu como que saltei de alegria no seio de minha mãe. Quanta alegria senti, com a vinda de Jesus!

Quando nasci, queriam pôr-me o nome de Zacarias, que era o nome de meu pai. Mas a minha mãe insistia: «De maneira nenhuma. Ele há-de chamar-se João.» O meu pai tamém concordou e fiquei a chamar-me JOão, que significa "dom de Deus".

Passado o tempod e infância, fui para o deserto perto do rio JOrdão. Tinha uma missão importante a cumprir: preparar as pessoas para receberem a Jesus, para escutarem o seu anúncio do Reino que  vinha anunciar.

O importante era Jesus. Por isso, quando eu soube que ele tinha chegado, retirei-me para o silêncio. Era preciso que eu diminuísse e Ele aparecesse. Eu não era a luz, mas apenas o anúncio da luz que estava para chegar.

E o que dizia a todos, também vos digo hoje a vós: «Preparai os caminhos do Senhor. Endireitai as suas veredas.»

 

Cântico: Preparai os caminhos do Senhor

 

2. Vai chegar alguém mais forte do que eu... (Lc 3, 16)

 

Animador: João Baptista aparece-nos na História da Salvação como o Precursor do Messias. Podemos reconhecer nele a memória de todo um passado que desemboca no grande acontecimento histórico do nascimento do Filho de Deus.

O Senhor Jesus veio historicamente há dois mil anos. Mas Ele vem ainda hoje cada vez que aceitamos a sua mensagem, e virá nesse "Grande Dia" em que o Reino antingirá a plenitude.

«Enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador», supliquemos: Vinde, e sede a nossa luz! [todos repetem]

 

Quatros Leitores:

1. A vossa vinda, Senhor, inicia um mundo aberto à utopia, em que as armas de guerra se transformam em instrumentos de paz.

Todos: Vinde, e sede a nossa luz!

2. A vossa vinda, Senhor, vem dar esperança a um mundo ferido e cansado, e aponta para um tempo novo de alegria para todos.

Todos: Vinde, e sede a nossa luz!

3. A vossa vinda, Senhor, impele-nos a ser uma comunidade mais unidade no amor, dando testemunho da imensa ternura de Deus.

Todos: Vinde, e sede a nossa luz!

4. A vossa vinda, Senhor, interpela-nos à conversão permanente, à vigilância evangélica, estano cada vez mais em sintonia com a vossa mensagem.

Todos: Vinde, e sede a nossa luz!

 

3. Uma voz clama no deserto...(Lc 3,4)

Animador: Lê no evangelista Lucas 3,1-4)

 

Cântico: É preciso renascer

 

Animador: Temos agora um tempo de escuta da Palavra de Deus. Um tempo para, ouvindo também nós a pregação de João Baptista, nos dispormos àquela conversão capaz de abrir caminho ao Salvador que veio, vem e virá.

 

1. «Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da cólera que está para vir? Produzi, frutosdignos de penitência. O machado já está posto à raíz das árvores, e toda a árvore que não dá bom fruto é cortada e lançada no fogo.» (mt 3,7-8,10; Lc 3,7-9)

 

2. «Quem tem duas túnicas reparta com quem não tem nenhuma, e quem tem mantimentos faça o mesmo.» (Lc 3,10)

 

3. «Não exercais violência sobre ninguém, não denuncieis injustamente e contentai-vos com o vosso soldo.» (Lc 3,14)

 

5. «Convertei-vos, porque está próximo o Reino do Céu.» (Mt 3,2)

 

6. «Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.» (Mt 3,3; Mc 1,3)

 

Cântico final: Aleluia

 

Para reflectires além do texto, fica aqui a primeira vela do Advento...

A partir da imagem e da oração que te deixamos em cima, completa esta oração, com a tua oração, prepara Tu também os caminhos do Senhor. 

 

 

Boa semana...

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 17:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sábado, 29 de Novembro de 2008

Oração...Ide por todo o mundo

Olá! O post de hoje vem mais tarde do que o habitual, pois não foi possível actualizar pela manhã o blog, mas aqui estamos para vos trazer mais "um pouco do nosso grupo". Hoje fica mais uma oração apresentada no grupo, que tem como tem: Ide por todo o Mundo.

 

Cântico inicial: Faz-te ao largo

 

Evangelho:

Aparição na Galileia. Missão universal, (Act 1, 5-8) - «Os onze discípulos partiram para a Galileia, para  monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando o viram, adoraram-no; alguns, no entanto, ainda duvidavam. Aproximando-se deles, Jesus disse-lhes: "Foi-me dado todo o poder no Céu e na Terra."

Ide, pois, fazei discípulos de todos os povos, baptizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a cumprir tudo quanto vos tenho mandado. E sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos."

 

Oração de compromisso

 

Aqui estamos Senhor, como os teus discípulos na Galileia.

Aqui estamos Senhor, resondendo ao teu apelo,

Aqui estamos Senhor, para sermos anunciadores do Teu Reino.

 

Como os dscípulos na Galileia...

O nosso desejo é sair ao teu encontro,

Porque no meio da nossa vida

Tu ocupas um lugar importante.

 

Aqui nos tens, podes contar conosco.

Nãos abemos se saberemos realizá-lo como tu desejas,

Mas sabes que não nos falta um ideal.

 

Quem te descobre, não pode viver como antes,

Quem te sente, não pode esquecer-Te,

Quem te vê, não pode negar-Te

porque tu és a pérola preciosa

o tesouro escondido.

 

Queremos ser anunciadores do teu Reino...

Queremos sentir-Te perto,

Queremos descobrir-Te porque és bom e perfeito.

 

Já não é possível guardar silêncio

Aqui estamos Senhor porque olhaste para nós.

Aqui estamos Senhor podes contar connosco.

Aqui estamos Senhor para te dizermos com o coração

Que nos ajudes nesta nossa missão.

 

Envio

 

Jesus comunicou-nos uma nobre missão. Fomos por Ele convocados para anunciar o seu Evangelho. Precisamos de lhe pedir força, ânimo e fé para sermos fiéis à mensagem que um dia deu aos seus discípulos e agora nos comunica a nós, (os animadores de grupo aproximam-se de grupo, aproximam-se do altar, ajoemlham e fazem o seu compromisso diante do Evangelho repetindo as seguintes frases:

  • Queremos anunciar o teu evangelho.
  • Queremos dar de graça o que de graça recebemos.
  • queremos transmitir aos que nos rodeiam a Palvra que dá vida.
  • Queremos descobrir o evangelho como desafio de vida.
  • Queremos ser mensageiros do amor de Deus entre os homens.
  • Queremos viver em plenitude o mandamento do amor.
  • Queremos que fiques connosco nos momentos mais difíceis da vida.
  • Queremos descobrir em grupo que conhecer-Te é comunicar-Te.

Cântico Final: Eu sou uma semente do Reino.

 

Espero que tenham gostado desta oração e que possam reflectir sobre ela; que acima de tudo, pensem que cada um de nós é enviado a evangelizar a palavra de Deus, de várias formas...basta nós querermos, ser evangelizadores dessa Palavra Viva de Deus.

Pensa nisto...

 

Amanhã a oração na reunião semanal do grupo será  apresentada pelo Vítor.

Lembramos também que cmeça amanhã o Advento, (tempo de preparação para o Natal). Em breve abordaremos este tema do Advento, num post mais alargado no blog.

 

Até amanha e continuação de bom fim de semana...

 

Comentário de Humberto:

"A todos nós seres humanos assiste-nos o dever de acendermos dentro de nós, o espirito evangelizador que Jesus nos legou, a fim de tornar a nossa existência terrena mais pacifica, saudável e tranquila.

Promovendo o bem, consignado no espirito evangélico estaremos na certeza a arredar os maus pensamentos e as intenções reprováveis do nosso intimo, e logo esse será o caminho mais directo para instalarmos no intimo, a paz e o amor, uma vez que parte do interior os actos hediondos e desumanos que por vezes cometemos.

Amarmos os outros, como a nós mesmos é o principio que devemos seguir, independentemente das distinções religiosas, rácicas, politicas e culturais, pois onde iremos encontrar a beleza e a sublimidade do Amor a não ser no semelhante que nos rodeia, e que á imagem e semelhança de nós próprios, tambem ele prossegue a jornada em busca do Amor?

Deixo-te aqui Vitor umas palavras de incentivo com muita estima e amizade. Muitas felicidades para ti, e para o fantástico grupo de jovens que te acompanha."

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 23:16
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Informações sobre a nossa Paróquia

Destacamos algumas informações importantes sobre a nossa paróquia - Paróquia de Stª Maria Maior.

O nosso Paróco é o Sr. Padre Hélder Sá e o Sacristão é o sr. Fernando.

 

Ficam aqui os horários das Missas de semana e de fim de semana:

Segunda a Sexta - 8h e 18 horas

Sábados - 8h e 18 horas

Domingos - 10h e 11.30 horas.

Este é o horário das Missas no Inverno, no Verão é diferente.

 

Quanto ao horário da Sacristia para o atendimento de pessoas é:

Segunda a sexta: 9h ao 12.30 h e das 15h ás 19h.

Sábado: 9h ao 13.30 h e das 15h ás 19h.

Domingo: 9h ao 12.30 h.

 

Fica também aqui o contacto da Paróquia:

276 351 525 

 

 

Esperamos que estas informações te sejam ucteis.

Sempre que houver novidades sobre a Paróquia, sera aqui colocado.

 

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 10:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Para reflectir...O comboio da vida

BOM DIA! Para terminar esta semana apresentamos-te uma pequena história, que tem como tema: O comboio da vida.

 

 

 

"Algum tempo atrás, li um livro que comparava

 

 

 a vida com uma viagem de comboio.

Uma leitura extremamente interessante,

Quando é bem interpretada…

A vida não é mais do que uma viagem de comboio:

Repleto de embarques e desembarques, salpicado por

Acidentes, surpresas agradáveis em algumas estações

E profundas tristezas noutras.

Ao nascer, subimos para o comboio e encontramo-nos

com algumas pessoas que acreditamos que estarão

sempre connosco nesta viagem: Os nossos PAIS.

Lamentavelmente,

a verdade é outra.

 Eles sairão em alguma estação, deixando-nos órfãos

do seu carinho, amizade

e da sua companhia insubstituível.

A pesar disto,

nada impede que

entrem outras pessoas

que serão

muito especiais

para nós.

Chegam os nossos irmãos,

amigos e esses maravilhosos amores.

De entre as pessoas

que apanham este comboio, também haverá quem o faça

como um simples passeio.

Outros,

só encontrarão tristeza

nessa viagem…

E outros também,

que circulando

pelo comboio,

estarão sempre

prontos para ajudar

quem precisa.

Muitos,

quando descem do comboio,

deixam uma

permanente saudade…

Outros passam

 tão despercebidos

que nem reparamos

que desocuparam

o lugar.

Às vezes, é curioso constatar

que alguns passageiros,

que nos são muito queridos,

se instalam noutras carruagens, diferentes da nossa.

 

Assim, temos de

fazer o trajecto

separados deles.

 

Mas, nada nos

impede que,

durante a viagem,

percorramos a

nossa carruagem

com alguma dificuldade

e cheguemos até eles...

Mas, lamentavelmente, já não nos poderemos sentar ao seu lado,

pois estará  outra pessoa a ocupar o lugar.

Não importa. A viagem faz-se deste modo:

cheio de desafios, sonhos, fantasias,

esperas e despedidas...

mas nunca de retornos.

Então, façamos esta viagem da melhor maneira possível…

Tratemos

de nos relacionar bem com todos

os passageiros, procurando

em cada um,

o melhor deles.

Recordemos sempre que em algum ponto do trajecto,

eles poderão hesitar ou vacilar e, provavelmente,

vamos precisar de os entender…

Como nós também

vacilamos muitas vezes,

sempre haverá alguém

que nos compreenda.

Como nós também

vacilamos muitas vezes,

sempre haverá alguém

que nos compreenda.

No fim,

o grande mistério

é que nunca

saberemos em que estação vamos sair,

nem, muito menos,

onde sairão os nossos  companheiros,

nem sequer, aquele

que está sentado

ao nosso lado.

Fico a pensar se,

quando sair do comboio,

sentirei nostalgia...

Acredito que sim.

 

Separar-me

de alguns amigos

com quem fiz a viagem,

será doloroso.

Deixar que

os meus filhos

sigam sozinhos,

será muito triste.

Mas agarro-me

à esperança que,

em algum momento,

chegarei à estação principal e terei

a grande emoção de vê-los chegar com

uma bagagem que não tinham quando embarcaram.

 

O que me fará feliz,

será pensar

que colaborei

para que a sua

bagagem crescesse

e se tornasse valiosa.

 

Meu amigo, façamos com que a nossa estadia

neste comboio

seja tranquila e

que tenha valido

a pena.

 

Esforcemo-nos

para que, quando

chegue o momento

de desembarcar,

o nosso lugar vazio deixe saudades

e umas lindas recordações

para todos os que continuam a viagem.

 

Para ti, que és parte do nosso comboio, desejamos-te uma...

 

…Viagem Feliz ..

UM BOM DIA PARA TI….BOM FIM DE SEMANA

Publicado por gjemanuel-chaves às 08:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Encontro Taizé 2008

6000 jovens reúnem em Nairobi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pela segunda vez em solo africando, encontro de Taizé decorre de 26 a 30 de Novembro, para «Partilhar a esperança»

 

«Partilhar a esperança» será o tema da etapa da Peregrinação de confiança que juntará mais de seis mil jovens (com idades entre os 18 e os 30 anos), entre os dias 26 e 30 de Novembro, em Nairobi.

Este encontro foi preparado desde há um ano pelos irmãos da Comunidade de Taizé com uma equipa de jovens de diversos continentes, em colaboração com os grupos de jovens das Igrejas de Nairobi. A Comunidade de Taizé tem preparado encontros semelhantes noutros continentes, nomeadamente em Joanesburgo em 1995, em Calcutá em 2005, em Cochabamba e na Bolívia em 2007, e em Genebra em 2007. O programa deste encontro internacional compreende tempos de celebração, de reflexão e de partilha. As actividades comunitárias terão lugar no terreno do pequeno seminário da Rainha dos Apóstolos (Thika Road, Ruaraka). A manhã desenrolar-se-á nas 70 paróquias e comunidades que oferecerão alojamento aos participantes. Os jovens das paróquias de acolhimento farão que os seus hóspedes descubram «locais de sofrimento e de esperança» bem como os compromissos e iniciativas que constituem «testemunhos de esperança» no seu bairro. O encontro de Nairobi deseja contribuir para ajudar os jovens na sua procura interior e no seu desejo de assumir responsabilidades na Igreja e na sociedade. Estão inscritos milhares de jovens, católicos e protestantes, de diferentes províncias do Quénia e de outros países: 500 da Tanzânia, 450 do Uganda, 260 do Ruanda, 50 do Burundi, 20 da República Democrática do Congo. Virão ainda outros da África do Sul, Madagáscar, Zâmbia, Sudão, Moçambique, Angola… Mais de 120 jovens europeus, asiáticos e norte-americanos começaram a chegar desde 15 de Novembro para um tempo de imersão prévia nas cidades, vilas e aldeias da região de Nairobi. O irmãos Alois, prior da comunidade de Taizé, participará no encontro com outros irmãos da comunidade. O cardeal John Njue estará presente na oração comunitária de 28 de Novembro às 18:00h. São também esperados outros responsáveis de Igrejas. Autocarros especiais irão transportar os participantes duas vezes por dia entre as paróquias de acolhimento e o local central do encontro. As orações das 13:00h e das 18:00h terão lugar numa grande tenda, as refeições serão servidas aí e todas as tardes serão propostos workshops de reflexão sobre diversos temas.

Alguns irmãos de Taizé viveram no Quénia (em Mathare e Kangemi) de 1978 a 1989. O irmão Roger esteve em Nairobi entre Novembro e Dezembro de 1978 e, de novo, uma segunda vez, em 1987.

(Informações in site da Agência Eclesia)

 

Lembramos que foi há dois anos que se realizou o Encontro Taizé em Lisboa - Portugal, (entre a última semana de Dezembro e a primeira semana de Janeiro).

Para muito que não conheciam, a comunidade de Irmãos Taizé e este tipo de encontros, ficaram com uma perspectiva dieferente sobre isto. Além de que os jovens que estiveram em Portugal e os portugueses que participaram se enriqueceram nessa semana de oração.

 

 

Em breve traremos mais notícias e detalhes sobre este encontro.

Caso tenhas a experiência de teres participado num dos encontros anuais Taizé, partilha connosco o que mais te marcou no encontro.

Até amanha com mais noticias....

Publicado por gjemanuel-chaves às 11:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Momentos IX

Olá! Como vem sendo habitual, todas as semanas neste tema - Momentos, revelamos um pouco do nosso grupo, (as nossas actividades, jovens que fizeram caminhada no grupo, entre outras surpresas do grupo).

Hoje no Momentos, parte IX, revelamos um pouco dos muitos jovens que fizeram caminhada no grupo e que contribuiram para o seu crescimento.

Neste vídeo não revelamos os locais de algumas fotos, (deixamos essa tarefa para os jovens do grupo), queremos lembrar mais todos os jovens do grupo...

Espero que gostem.

Caso se reconhecam nalguma ou conhecam alguém numa das fotos...partilhem connosco quem são essas pessoas e também algumas curiosidades que se passaram com essas pessoas grupo.

 

Deixa-te surpreender neste pequeno vídeo...

 

 

 

 

Até amanha com mais novidades...

Publicado por gjemanuel-chaves às 19:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

Sugestão de leitura...Revista Família Cristã

Olá! Para iniciar esta nova semana deixamos-te aqui uma nova sugestão de leitura - a revista Família Cristã.

Esta revista pertence ao grupo da Editora Paulus, (este que tem vários livros, cds de música, organização de retiros e outros de grande interesse). Quanto á revista Família Cristã, ela destaca as principais notícias de interessa da Igreja Católica em Portugal, do Vaticano; catequese, comentários, família, educação, sociedade, saúde e bem-estar, património religioso, cinema e sementes de vida.

Fica aqui a imagem da edição de Novembro desta revista e os contactos da editora, de forma a poderes também receber esta revista.

 

 

Contactos: Serviço de Assinaturas:
Revista Família Cristã
Estrada de S. Paulo
2680-294 Apelação
Tel. 21 948 88 70
Fax 21 948 88 75
assinaturas@paulus.pt

Site: http://www.familiacrista.com

 

Até amanha...com mais novidades!

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 09:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Domingo, 23 de Novembro de 2008

Reunião semanal...As Epístulas de São Paulo

Ola! Espero que o teu fim de semana esteja a ser bom e bem proveitoso, tal como o nosso.

Hoje de manhã na reunião do grupo, tivemos a presença das manas Sá: Inês e Rita e também da Sandra, (que como estão a estudar na Universidade no Porto, não podem vir todos os fins de semana a Chaves e participar no grupo).

Com a presença destas nossas amigas e como para este domingo tinha ficado a Inês de apresentar a oração, a oração do Vítor, fica para apresentar no próximo fim de semana.

O tema apresentado pela Inês é: As Epístulas de São Paulo.

 

 

I Parte

Introdução:

Quando a Igreja se começou a espalhar por diversas cidades, surgiu uma nova forma de comunhão e de ensinamento, as Epístulas, dirigidas por alguns dos Apóstolos às novas comunidades. estas cartas testemunharam a fé das primeiras comunidades cristãs que, ao recebê-las, as coleccionaram e conservaram, tornando-as os primeiros textos do Novo Testamento.

 

De seguida apresentam-se 3 cartas de São Paulo sintetizadas aqui, (podem ver cada carta de São Paulo na Bíblia, no Novo Testamento).

 

Epístolas aos Tessalonicenses

Tessalónica era uma importante cidade comercial. Por volta dos anos 50. Paulo anunciou a Boa Nova nessa cidade, (cf Act 17, 1-10), ams depressa teve de partir, devido a uma perseguição desencadeada pela comunidade judaica. Paulo lançou nessa cidade as bases de uma Igreja proveniente de ambiente pagão. Porém, o apóstolo sentia uma grave preocupação; é que ele tinha consciência de ter dado apenas uma rudimentar formação a estes novos cristãos. Não podendo voltar de novo áquela cidade, enviou-lhes de Atenas, Timóteo e com ele a sua primeira Epístola que é cronológicamente, o primeiro texto do Novo Testamento.

Nela, Paulo dirige a Deus uma lnga acção de graças. 

Nela sente-se o entusiasmo de uma comunidade nascente, onde o amor fraterno e a generosidade anunciavam já o «Mundo Novo» que indiciava o regresso do senhor. Porém, permanecia uma dúvida, em forma de pergunta, acerca da última vinda do Senhor; Esses ficariam privados de O ver? A primeira Epístola de S. Paulo aos Tessalonicenses responde a essa pergunta.

 

Epístola aos Coríntios

Quando S. Paulo escreveu a primeira Epístola aos Coríntios, na Primavera do ano 56 e durante a sua terceira viagem missionária, (Act 19) a comunidade de Corinto tinha apenas cinco anos de existência. A maioria dos critãos era gente simples, contava-se mesmo entre eles algusn escravos.

Os coríntios formavam uma comunidade marcada pela alegria jubilosa pela chegada do primeiro anúncio do Kerigma cristão. Porém, esse entusiasmo precisava de ser aprofundado e estruturado para se não correr o risco da perda da mensagem evangélica que continua em si mesmo.

Foi da cidade de Éfaso que S. Paulo enviou a sua primeira Epístola aos Coríntios. Na sua carta, Paulo aprofunda diversas questões: a necessidade do Dom da Unidade face às questões que surgiram entre os Cristãos de Corinto; salienta a importância de que a comunidade siga as normas morais fundamentadas no Evangelho. 

Por volta dos finais dos anos 56 ou 57, Paulo dirigiu-se a Corinto, passando por Troade, na Ásia Menor, e pela Macedónia. Em Corinto havia um membro da comunidade que perturbava e dividia a comunidade cristã, acusando o próprio apóstolo de vários erros e pecados. Paulo, ao ter conhecimento destas dificuldades, enviou-lhes desde Troade, como mediador, o seu discipulo Tito. Ao chegar à Macedónia, recebeu boas notícias, pois o autor do escândalo tinha-se arrependido e a Igreja de Corinto vivia de novo em paz. 

É neste contexto que surge a segunda Epístola aos Coríntios. Ele envia-lhes o seu perdão e o seu conforto. Tira com eles a lição para o futuro e lançar-lhes o apelo à generosidade, para que entre as Igrejas passe a haver partilha, sugerindo um gesto solidário para com a Igreja-Mãe de Jerusalém através de uma colecta a favor dessa Igreja.

 

Epístolas aos Gálatas e aos Romanos   

Foi provavelmente durante a sua segunda ou terceira viagem missionária que o Apóstolo dos Gentios evangelizou os gálatas, uma população celta imigrada no Norte da actual Turquia. Por este tempo, surgiu uma franja de cristaos judaizantes que endureceram as suas posições face ao acolhimento dos gentios no seio das comunidades cristãs pelos sacramentos da iniciação cristã.

A Epístola aos Gálatas foi redigida provávelmente em Éfaso, entre os anos 56 e 57, e constitui a proclamação da gratuidade de Deus, pois o homem é salvo pela Misericórdia de Deus operada em Nosso Senhor Jesus Cristo e não pelas obras da lei. 

Posteriormente, na Epístola aos Romanos, Paulo retomou e aprofundou o tema da salvação pela fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Pode dizer-se que toda a Carta aos Romanos pretende favorecer a reconciliação entre os cristãos judaizantes e os que provinham da gentileza e que todo o seu espírito conduz ao apelo: «Acolhei-vos uns aos outros como Cristo vos acolheu para glória de Deus» (Rom  15, 7).

 

Espero que tenham gostado desta primeira parte da oração que desde já, possam reflectir sobre cada uma destas Cartas de São Paulo, (pois este ano celebra-se o Ano de São Paulo).

Lembramos que podem sempre partilhar a vossa opinião sobre este ou outro tema apresentado aqui no blog e também podem partilhar orações, músicas e outros neste blog.

 

P.S.: A segunda parte desta oração aparecerá aqui em breve....

 

Boa noite e boa semana...

Publicado por gjemanuel-chaves às 21:23
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Para reflectir...Amizade

Olá! Para terminar mais uma semana de trabalho, deixamos-te aqui uma pequena mensagem para reflectires...

 

"Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se."  

 (Gabriel Garcia Marques).

Bom fim de semana....

Amanhã apresentaremos mais uma oração feita no grupo.

 

 

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 12:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Sugestão de leitura....Jesus Hoje

 

Olá! Deixamos-te aqui uma pequena sugestão de leitura, do autor Albert Nolan, que tem esta obra magnifica: Jesus hoje.

Encontramos esta sugestão num blog e partilhamos agora convosco.

Fica aqui uma pequena síntese deste livro...

“Não havia nada que desagradasse mais a Jesus do que a hipocrisia. Ele amava as pessoas, mas ficava furioso frente a qualquer manifestação de hipocrisia, sobretudo nos líderes religiosos do seu tempo. «Hipócritas!», exclama Ele uma e outra vez. Este desafio não visava apenas os escribas e fariseus. A espiritualidade de Jesus desafia-nos, a todos, a olhar para nós e a reconhecer a nossa própria hipocrisia, a trave nos nossos olhos.
Ser hipócrita é fingir que somos aquilo que não somos, apresentar uma falsa imagem de nós mesmos ao mundo. Tem a ver com falsidade da nossa vida, com as mentiras e contradições em que vivemos. Tem a ver com a nossa falta de honestidade e sinceridade, com a nossa cegueira. Se eu penso que não sou cego e que não há trave nenhuma no meu olho, então sou duplamente cego, cego frente à minha própria cegueira.
Jesus põe-nos de sobreaviso contra a ostentação das nossas virtudes frente ao mundo, como aqueles que rezam, jejuam e dão esmola em público a fim de serem notados e admirados pelos outros. Estes são hipócritas. Com que facilidade nos tornamos sepulcros branqueados. Com que facilidade as palavras da nossa boca contradizem aquilo que está no nosso coração. Até que ponto o nosso comportamento é exibicionista, visando apenas a nossa boa reputação ou imagem? Jesus não hesitaria em chamar a isso hipocrisia.
Segundo Jesus, os que dizem que não conseguem ler os sinais dos tempos mas que sabem ler perfeitamente os sinais de como vai estar o tempo no dia seguinte, são hipócritas. Quando gastamos o nosso tempo a analisar a performance das nossas acções no mercado, mas ignoramos as duras realidades do nosso tempo, estamos a ser hipócritas. Quando tentamos apanhar alguém em flagrante com uma pergunta inteligente, embora fingindo estar realmente interessados na resposta, então estamos a ser hipócritas, como aqueles que fizeram a Jesus uma pergunta capciosa acerca do pagamento dos impostos. Além disso, também somos hipócritas quando criticamos as outras pessoas por fazerem as mesmas coisas que nós fazemos, como aqueles que criticavam Jesus por curar ao Shabat, ao passo que eles «infrigiam» o shabat soltando o seu boi ou o seu burro para levá-lo a beber água.
O que está em questão aqui é a honestidade e a verdade. A hipocrisia é uma mentira gritante, uma contradição. Jesus era verdadeiro, honesto, sincero e completamente transparente. Por isso o seu olhar era límpido e Ele conseguia detectar as mentiras e a falsidade do mundo que o rodeava. Por isso podia endireitar o mundo, mostrando-nos o verdadeiro mundo. O fermento ou levedura dos fariseus era a hipocrisia e as mentiras. O fermento do reino de Deus, que Jesus estava a propagar, era a verdade e a honestidade.
Nesta época, em que um dos sinais do nosso tempo é a crise de individualismo, aprender a saber quem somos realmente é uma questão da máxima urgência. A fome de espiritualidade nunca poderá ser saciada se continuar a ser individualista e centrada na própria pessoa. Hoje em dia, nós sabemos tantas coisas acerca de tudo, desde as estrelas até aos átomos. Até sabemos muito mais acerca do cérebro e da psique humana. Na maior parte dos casos, porém, não nos conhecemos a nós próprios. Continuamos a não ter perspectiva, imaginando que estamos separados do resto do universo e que somos superiores a todos os outros seres. Demasiadas vezes, como indivíduos, permanecemos cegos frente às nossas próprias motivações, aos nossos racionalismos, à nossa hipocrisia e à realidade do nosso verdadeiro eu. Como resultado disso, podemos dizer, num sentido muito profundo, que não sabemos absolutamente nada.
Como poderemos então aprender, com toda a honestidade, a enfrentar a verdade acerca de nós próprios?"

 

Espero que gostem...

Boas leituras e boa semana!!

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 15:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Pedido de apoio...

Olá! Hoje deixamos-te um pequeno texto de pedido de ajuda do IPO do Porto.

É um pequeno pedido de ajuda que o IPO faze a cada um. Á uns tempos atrás tinhamos publicados no blog outro pedido de ajuda do IPO, que tinha como missão recolher novos pijamas paras as crianças que estavam internadas. Essa missão não acabou, pois há sempre crianças a cuidar no IPO, por isso há sempre a possibilidade de ajudar, contribuido com o seu pijama ou outra coisa do género para as crinças.

Como todo o trabalho de toda a equipa que trabalha no IPO é de louvar, pois cuidam de pessoas com cuidados muito delicados: crianças, adultos e idosos com cancro; por isso não podiamos esquecer este novo pedido que o IPO faz, publicamos aqui um novo pedido, que esperamos que tenha muito sucesso e crie muitos sorrisos ás crianças que estão internadas no IPO.

 

"Pretendemos recordar a importância de reaproveitarmos os materiais a custo zero com uma actividade criativa.
Um dos objectivos é fazer uma arvore de Natal.
Vamos fazer esculturas com cápsulas Nespresso usadas /recicladas!
Juntem as vossas cápsulas usadas num saco ou caixa.
para este trabalho também aceitamos telas de qualquer tamanho.
Os sacos podem ser deixados na Acreditar (Rua do IPO), enviados em cx próprias dos CTT, ou acordar comigo o modo de entrega.
Obrigado a todos."

Contactos:
Pedro Bello
bello.pedro@hotmail.com
telemovel: +351 916852874

ou
ACREDITAR
A/C Filipa Carvalho
Rua Prof. Lima Basto, 73
1070-210 LISBOA
Tlfn: + 351 217 221 150
E-mail:fc@acreditar.pt

PS: Felizmente, a maioria de vós não sabe o que é o dia a dia de uma criança com cancro e, estou a pedir pouco mais do que nada para as distrair. Divulguem sff.

Partilhar é um dom. 

 

Até amanha....
 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Papa apela à partilha

Bento XVI diz que os cristãos devem ter uma mentalidade empreendedora

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Olá! Como tem sido natural, todas as semanas divulgamos no blog, as prinicipais notícias da Igreja Católica em Portugal e do Vaticano.

A mensagem de hoje, é sobre a mensagem que o Papa transmitiu no "Angelus", sobre o apelo que o Papa faz á partilha.

Bento XVI afirmou este Domingo que o Evangelho "promove nos cristãos uma mentalidade activa e empreendedora" e que os bens "têm que ser gastos, investidos, partilhados com todos".

 

O Papa falava aos cerca de 60 mil peregrinos que estavam na Praça de São Pedro do Vaticano, para a recitação do Angelus.

 

Numa alusão à "famosa parábola dos talentos”, narrada por São Mateus (25,14-30), Bento XVI frisou que “o homem da parábola representa o próprio Cristo, os servos são os discípulos e os talentos são os dons que Jesus lhes confia”.

 

“Portanto tais dons, além das qualidades naturais, representam as riquezas que o Senhor Jesus nos deixou em herança, para que as fizéssemos produzir frutos: a sua Palavra, depositada no santo Evangelho; o Baptismo que nos renova no Espírito Santo; a oração – o ‘Pai nosso’ – que elevamos a Deus como filhos unidos no Filho; o seu perdão, que comandou de levar a todos: o sacramento do Seu Corpo imolado e do Seu Sangue derramado. Numa palavra: O Reino de Deus, que é Ele mesmo, presente e vivo no meio de nós”, explicou.

 

Este – salientou o Papa – é o tesouro que Jesus confiou aos seus amigos, no final da sua breve existência terrena. A parábola de hoje insiste na atitude interior com a qual se deve acolher e valorizar este dom”.

 

Bento XVI criticou, por outro lado, quem “tendo recebido o Baptismo, a Comunhão e o Crisma enterra depois esses dons debaixo de uma série de preconceitos, sob uma falsa imagem de Deus que paralisa a fé e as obras”.

 

“A mensagem central do ensinamento evangélico deste Domingo diz respeito ao espírito de responsabilidade com o qual se deve acolher o Reino de Deus: responsabilidade para com Deus e para com a humanidade”, concluiu.

 

Depois da recitação do Angelus o Papa recordou que no próximo dia 21, memória litúrgica da Apresentação de N. Senhora ocorre a jornada pro Orantibus, pelas comunidades religiosas de clausura. E depois de ter agradecido ao Senhor pelas irmãs e irmãos que abraçaram esta missão dedicando-se totalmente à oração, pediu que se reze por elas e pelas novas vocações, sustentando que a sua “presença na Igreja e no mundo é indispensável”.

 

(informações in site da Eclesia).

 

Até amanhã com mais novidades...

 

Comentário de Sandra Dantas:

É isso mesmo!!! É preciso partilhar as grandes riquezas que temos!
Um grande abraço!

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:06
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Domingo, 16 de Novembro de 2008

Oração - Só observando

Olá! Hoje como é domingo e como é habitual tivemos de manhã antes da Eucarístia das 11.30, (no qual o grupo participa no coro dessa Eucarístia).

Fica ã oração que foi apresentada pelo Vítor que tem como tema - Só observando.

 

 

Cântico Inicial: Deixa Deus entrar

Texto:

O padre de uma igreja decidiu observar as pessoas que entravam para orar.
A porta se abriu e um homem de camisa esfarrapada adentrou pelo corredor central.

O homem se ajoelhou, inclinou a cabeça, levantou-se e foi embora.
Nos dias seguintes, sempre ao meio-dia, a mesma cena se repetia.
Cada vez que se ajoelhava por alguns instantes, deixava de lado uma marmita.

A curiosidade do padre crescia e também o receio de que fosse um assaltante, então decidiu aproximar-se e perguntar o que fazia ali.
O velho homem disse que trabalhava numa fábrica, num outro bairro da cidade e que se chamava Jim.

Disse que o almoço havia sido há meia hora atrás e que reservava o tempo restante para orar, que
ficava apenas alguns momentos  porque a fábrica era longe dali.

 

E disse a oração que fazia:
“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias.
Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando."

 

O padre, um tanto aturdido, disse que ele seria sempre bem-vindo e que viesse à igreja sempre que desejasse.
“É hora de ir” - disse Jim sorrindo.

Agradeceu e dirigiu-se apressadamente para a porta.

O padre ajoelhou-se diante do altar, de um modo como nunca havia feito antes.
Teve então, um lindo encontro com Jesus.
Enquanto lágrimas escorriam por seu rosto, ele repetiu a oração do velho homem...

“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não  sei bem como devo orar mas penso em você todos os dias.
Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.“

 

Certo dia, o padre notou que Jim não havia aparecido.

Percebendo que sua ausência se estendeu pelos dias seguintes, começou a ficar preocupado. Foi à fábrica perguntar por ele e descobriu que estava doente.

Durante a semana em que Jim esteve no hospital, a rotina da enfermaria mudou. Sua alegria era contagiante.

A chefe das enfermeiras, contudo, não pôde entender porque um homem tão simpático como Jim não recebia flores, telefonemas, cartões de amigos, parentes... Nada!

Ao encontrá-lo, o padre colocou-se ao lado de sua cama. Foi quando Jim ouviu o comentário da enfermeira:

- Nenhum amigo veio pra mostrar que se importa com ele. Ele não deve ter ninguém com quem contar!!

Parecendo surpreso, o velho virou-se
para o padre e disse com um largo sorriso:

- A enfermeira está enganada, ela não sabe, mas desde que estou aqui, sempre ao meio-dia ELE VEM! Um querido amigo meu, que se senta bem junto a mim, Ele segura minha mão, inclina-se em minha direção e diz:

"Eu vim só pra lhe dizer quão feliz eu sou desde que nos tornamos amigos. Gosto de ouvir sua oração e penso em você todos os dias.
Agora sou eu quem o está observando... e cuidando! ”

Jesus disse: "Se vós tendes vergonha de mim, também me envergonharei de vós diante do meu Pai."

Jesus é sempre o melhor amigo.

 

 

 

(esta oração já se encontra no post, que apresentamos ontem no blog).

 

Como este tema é um pouco extenso, a conclusão desta oração fica para o próximo domingo á mesma hora.

Nesse domingo apresentaremos aqui a reflexão que foi feita pelo grupo.

 

Esperamos desde já que tenham gostado do tema proposto e que este também te faça reflectir um pouco.

As mesma perguntas que são propostas na oração, também te propomos para ti...

Terminamos este post com uma pequena oração,  a mesma que o texto nos apresenta:

 

“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias.
Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando."

 

Abraços....

Até amanhã com mais novidades..

Boa semana!!

 

Comentário de Pedro Aurélio:

Paz do Sr. querido amigo tenho todo o gosto de o link os seus blogs ,.
Mas para isso gostaria de fazer uma parceria de link consigo , visto eu ter um site o qual passo a mencionar o seu endereço http://pegadasdejesus.webnode.com .
Este blog se encontra desactivado a bastante tempo e estar a passar todos os textos para o site .
Com os melhores comprimentos
Pedro Aurelio

·         Em que é que este texto se pode inserir no exemplo de São Paulo, (que se celebra este ano pela Igreja Católica)?

·         Achas que Jesus também te observa…e que podes falar com ele, tal como o fazia aquele senhor, que se apresenta no texto?

·         Em que medida o exemplo do senhor que apresenta no texto pode ser importante na tua vida?

 

Terminamos a 1.ª do tema com uma pequena oração…

 

“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias.
Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando."

 

II – Parte

 

Oração pelos Seminários

Publicado por gjemanuel-chaves às 15:41
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sábado, 15 de Novembro de 2008

Semana de Oração pelos Seminários 2008

 

A Igreja dedica esta semana aos Seminários. Até ao dia 16 de Novembro, os cristãos são convidados a olhar a vocação sacerdotal como um «campo a semear e barco de amarras soltas», assim escreve D. António Francisco dos Santos, na mensagem para semana dos Seminários.

 

“São múltiplos os gestos e eloquentes os sinais que creditam e revelam a atenção e o carinho da Igreja, das comunidades, das famílias e das pessoas para com os Seminários e nos dizem que devemos ter um olhar de esperança em relação ao seu futuro e à sua imprescindível missão”, aponta o também Bispo de Aveiro na mensagem da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios para esta semana.

 

“A mudança cultural a que assistimos e na qual queremos participar de forma consciente e lúcida, diz-nos que estamos a viver na aurora de uma nova época”. D. António aponta que “os novos tempos exigem passos novos e gestos proféticos”.

 

“Os Seminários precisam de estabilidade na missão e merecem de cada um de nós e de toda a Igreja afecto, oração, comunhão e generosidade”.

 

Oração pelos Seminários:

 

Deus santo,

Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo,

Vós criastes o mundo  pela vossa primeira e última palavra

E pela primeira e última o salvastes;

Lançai no coração dos nossos jovens sementes de amor,

capazes de crescer e de fazer deles

agentes do vosso desígnio de salvação.

Vós chamastes profetas

para dizer palavras de verdade, justiça e caridade

ao povo que, por amor, escolhestes e reunistes.

Colocai as vossas palavras santas

na boca dos nossos jovens

para que nao sejam espectadores passivos

mas actores atentos ao mundo que os rodeia

e, dando-se sem reservas, disponíveis para amar,

encontrem um sentido para a sua vida

e deixem a semente germinar.

Vós enviastes a Sabedoria do santo céu,

do trono da vossa glória, e com a vossa voz derrubastes

os cedros e abalastes o deserto;

Atendei às inquietações dos nossos jovens,

aos seus gritos e sussurros,

e despertai neles um amor pela Igreja,

vosso templo e corpo do vosso Filho,

para que, sem complexos nem angústias,

tenham a coragem e discernimento

para responder com um sim entusiasmado

à ternura do vosso abraço.

Senhor Jesus Cristo, Filho de Maria, a serva da Palavra,

Vós semeastes a palavra com abundância

para que frutificasse e pelo sangue que derramastes,

sangue que não tinge mas branqueia,

fostes digno de tomar o Livro

escrito por dentro e por fora

e de abrir as suas páginas seladas;

Derramai o vosso Espírito sobre os nossos seminários

e fazei com que,

acolhendo as vossas palavras de vida eterna,

sejam centelhas de esperança

e sementes de futuro para a Igreja,

no seguimento fiel e generoso da vossa vontade.

Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo.

Ámen.

 

Rezemos cada um de nós pelos Seminários, para que haja mais vocações, mais pessoas a seguir Jesus e a Evangelizar a sua palavra.

Será que já pensaste, em ser Padre ouse fores rapariga, em ser Freira? Porque não!?

A vocação é aquilo para o qual cada um de nós é chamado, para fazer na sua vida, (quer seja engenheiro, carpinteiro, padre, ou outra coisa). Todos temos uma vocação que nos é confiada por Deus.

Pensa nisto...

 

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 11:45
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

1 minuto com Deus

Olá! Hoje deixamos-te aqui um pequeno texto sobre como podemos ter sempre tempo para estar com Deus, para lhe falar....

 

 

 

"George Tomas, um pregador Inglês, apareceu um dia em sua pregação
carregando uma gaiola e a colocou no púlpito, começou a falar.
"Estava andando pela rua ontem, e vi um menino levando essa gaiola com
3 pequenos passarinhos dentro com frio e com medo.
Eu perguntei: Menino o que você vai fazer com esses passarinhos?

Ele respondeu: leva-los para casa tirar as penas e queima-los, vou me divertir com eles.
Quanto você quer por esses passarinhos menino?
O menino respondeu: - O senhor não vai

quere-los, eles não servem para nada. São feios!
O pregador os comprou por 10 dólares! E os soltou em uma árvore! 

Um dia Jesus e Satanás estavam conversando e Jesus perguntou a satanás o  que ele estava fazendo para as pessoas aqui na terra.
 Ele respondeu: Estou me divertindo com elas, ensino a fazer bombas e a matar, a usar revolver, a odiar umas a outras, a casar e a divorciar, ensino a abusar de criancinhas, ensino os jovens a usar drogas, a beber e fazer tudo o que não se deve e que os conduzirá a maldição futura!

Estou me divertindo muito com eles!

Jesus perguntou: E depois o que você vai fazer com eles?
Vou mata-los e acabar com eles!

Jesus perguntou: Quanto você quer por eles?
Satanás respondeu: você não vai querer essas pessoas,
elas são traiçoeiras, mentirosas, falsas, egoístas e avarentas!

Elas não vão te amar de verdade, vão bater e cuspir no
Teu rosto, vão  te desprezar e nem vão levar em consideração o que você fizer! Quanto
você quer por elas satanás?

Quero toda a tua lágrima e todo o teu sangue!
Trato feito!
E Jesus pagou o preço da nossa liberdade!
Como nós podemos nos esquecer de Jesus! Acreditamos em tudo o que nos ensina, mas sempre questionamos as coisas que vem de Deus! Todos querem um dia estar com Deus, mas não querem conhece-lo! E ama-lo!  Muitos dizem: Eu acredito em Deus, (Satanás também!), mas não fazem nada por Ele! As pessoas mandam piadas por e-mail e umas passam para as outras em uma velocidade luz!

Mas quando a mensagem é sobre Deus, as pessoas pensam duas vezes antes de compartilhar com as outras. Dizem a todo o momento, a qual clube pertence, mas pensam duas vezes antes de dizerem:
SOU DE CRISTO E AMO A DEUS!
Tentam ser invisível, quando se trata de JESUS CRISTO! POR QUÊ?
Será que quando você terminar de ler essa mensagem, tu partilharás a mensagem com os teus amigos!?
Falar sobre Jesus Cristo não é um assunto que as pessoas querem ouvir! Somente querem a Jesus quando estão em grandes apuros!

 

“Eu sou a luz do mundo, aquele que me segue jamais andará nas trevas.”

EU TE AMO!

Jesus Cristo."

 

Espero que tenhas gostado….

Não te esqueças, cada um de nós tem sempre 1 minuto que seja por dia para estar com Deus.

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 11:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Para reflectir...perdoar

 

Dai-me, Pai, a graça de perder-me de mim mesmo, para reencontrar-me em vós.

(J. Passos).

 

Pensa nisto...

Bom fim de semana...

 

P.S.: Amanhã o grupo de jovens não vai poder participar no Encontro de Animadores, que se realiza em Mirandela, organizado pela JEF, devido a uns problemas de sáude que surgiram a uma familiar da Irmã Efigénia; mas traremos notícias em breve deste encontro.

Amanhã falaremos aqui no blog sobre a Semana de Oração pelos Seminários, que começou dia 9 e acaba dia 16 de Novembro.

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Oração - Ser pessoa livre

Olá! Hoje como é sexta feira ficam aqui duas mensagens em um: uma oração que ja se fez no grupo e mais uma frase para reflectires....

 

A oração que te apresentamos hoje, tem como tema: Ser pessoa livre e foi apresentada pela Joana.

Lembramos que esta oração é acompanhada de um pequeno texto sobre a discussão em grupo desta oração.

 

 

 

Cântico: A paz vai correndo

A paz vai correndo como um rio

Vai correndo de mão para mão

Vai correndo p´ro deserto

Libertando meu irmão.

A luz vai correndo como um rio

Vai correndo de mão para mão

Vai correndo p´ro deserto

Libertando meu irmão.

 

Hoje em dia há diversas formas de encarar a liberdade. Assim, alguns refugiam-se numa atitude impositiva e centrada em si mesmos, manifestada no refrão "eu quero, posso e mando"! Neste caso a liberdade é sinónimo de se poder fazer ou dizer o que se quer. Nesta perspectiva, a liberdade chega a ser confundida com libertinagem e vandalismo. Outros ao contrário, esforçam-se para descobrir caminhos da liberdade onde se realizem como pessoas e, ao mesmo tempo, contribuam para construir um mundo melhor. Exemplo dessa atitude positiva é o próprio voluntariado que leva jovens a enfrentar todos os perigos na esperança de suavizarem o mar de dor que atinge tantas pessoas nos nossos dias.

Entre nós acontece muitas vezes, querermos ser livres, mas deixarmo-nos escravizar pelo pensamento dominante. Que liberdade em ser-se conduzido, em gritar o que todos gritam? Onde está a liberdade quando, deixamos que os outros decidam por nós, chamado exercício de liberdade à abstenção?

A sociedade também chamada de "mundo livre", vive dependente dos meios de comunicação social com as suas mensagens pré-fabricadas.

Que liberdade há em se deixar escravizar pelas drogas e pelo álcool?

Que liberdade temos se somos irresponsáveis pelas nossas atitudes?

Se por um lado é urgente descobrir os sinais das falsas liberdades, importa, por outro lado, descobrir os sinais da verdadeira liberdade no mundo: a luta pela defesa da liberdade, para a liberdade religiosa, etc.

Há também algumas vozes que proclamam a liberdade interior, essa que não se rende aos dinamismos escravizantes da nossa sociedade: são as vozes dos profetas, que em nome do senhor, lutam pela liberdade profunda e autêntica.

 

Reflexão:

Código da liberdade:

Sou livre quando, aceito a liberdade dos outros.

Sou livre quando, consigo ser Pessoa.

Sou livre quando, consigo descobrir a parte de bem que existe em cada criatura.

Sou livre quando, aceito que a minha consciência esteja em primeiro lugar.

Sou livre quando, não existe um preço para a minha liberdade.

Sou livre quando, sei dar-me aos outros sem exigir de os possuir.

Sou livre quando, sendo pobre, continuo a preferir a minha liberdade ao dinheiro dos outros.

Sou livre quando, creio que Deus é maior que o meu pecado.

Sou livre quando, na hora da prova creio que Deus, o sol, e eu, somos novos todos os dias e que podemos recomeçar sempre.

Sou livre quando, creio que o bem feito não pode ser destruído.

Sou livre quando, posso tratar Deus por Tu.

Todos:

De mãos dadas, em atitude jovem, caminhemos

Através da reflexão e do compromisso pessoal

E comunitário, para uma liberdade cada vez mais

Conscientes, verdadeiras e livre.

Pai-Nosso

 

Oração:

Todos

Senhor,

Não queremos pôr o nosso coração no vil metal

Diante do qual muitos se prostram para o adorar

Não queremos viver na obsessão pela última moda

Apenas preocupados com o que havemos de vestir.

Senhor,

Queremos procurar primeiro o vosso reino

Que é reino de justiça e amor, alegria e paz, reino de Liberdade

Queremos que sejais vos a nossa riqueza

Sereis a nossa verdadeira liberdade.

Ámen.

 

Cântico Final: Caminha na luz

O espírito é força que nos liberta

Caminha, caminha, caminha na luz

Ele faz de nós igreja em festa

Caminha, caminha, caminha na luz.

Caminha na luz, caminha na luz do senhor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 14:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Momentos VIII - 1.º Acampamento do Grupo...

Olá! Hoje deixamos-te aqui um pequeno vídeo, este com o tema - 1.º Acampamento do nosso grupo de jovens.

Este primeiro acampamento realizou-se em Soutelo, na casa dos Irmãos Maristas, (ao qual temos muito a agardecer toda a amizade que eles têm por nós, deixando-nos fazer o acampamento no terreno envolvente á casa deles).

Não revelamos a data do acampamento, nem todos os elementos que participaram neste acampamento, deixamos esta tarefa para os jovens que já passaram pelo grupo...

Disfrutem deste belo momento....

 

 

 

 

Em breve teremos mais surpresas neste tema....

Ate amanhã com mais novidades!

 

Comentário de Inês:

Oi temos mesmo de repetir...
não podemos que momentos como este fiquem só na memoria das pessoas...
não podemos deixar morrer o grupo...
beijinhos de Inês

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 11:25
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

São Martinho - Parte III

Para terminar ficam aqui alguns provérbios e algumas imagens relaccionadas com a celebração do São Martinho.

 

· A cada bacorinho vem o seu S. Martinho.
· A cada porco vem o seu S. Martinho.
· Em dia de S. Martinho atesta e abatoca o teu vinho.
· Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.
· No dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
· No dia de S. Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.
· No dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
· No dia de S. Martinho, mata o porquinho, abre o pipinho, põe-te mal com o teu vizinho. (sic.)
· No dia de S. Martinho, mata o teu porco, chega-te ao lume, assa castanhas e prova o teu vinho.
· No dia de S. Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.
· No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o teu vinho.
· Pelo S. Martinho abatoca o pipinho.
· Pelo S. Martinho castanhas assadas, pão e vinho.
· Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
· Pelo S. Martinho nem nado nem no cabacinho.
· Pelo S. Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já não te faz dano.
· O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.
· São Martinho, bispo; São Martinho, papa; S. Martinho rapa.*
· Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
· Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
· Veräo de S. Martinho säo três dias e mais um bocadinho.
· Vindima em Outubro que o S. Martinho to dirá.

 

 

 

 

 

Terminamos este post com um desejo de um BOM DIA DE S. MARTINHO E~NÃO TE ESQUECAS DE COMER MUITAS CASTANHAS COM UM POUQUINHO DE ÁGUA PÉ....

ATÉ AMANHA COM MAIS NOVIDADES....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por gjemanuel-chaves às 16:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?

São Martinho - Parte II

A Vida de S. Martinho

O conhecimento que se tem da vida de S. Martinho, apelidado de apóstolo da Gália, é devido principalmente ao seu primeiro e mais dedicado biógrafo,

Sulpício Severo (c.360-c.420), historiador cristão de expressão latina, nascido na Aquitânia, também declarado santo.


Quando conheceu
S. Martinho, já este era bispo vivendo no entanto fiel ao ideal monástico, recolhendo-se longe do fasto do palácio episcopal. Sulpício Severo tornou-se seu discípulo, amigo e biógrafo. É graças a ele que hoje temos um relato precioso da vida deste Santo
A Vida de S. Martinho (Vita Martini ) de Sulpício Severo que, de acordo com a professora Maria Luísa V. de Paiva Boléo, foi «um livro que teve enorme repercussão no mundo medieval. Espalhou-se até Cartago, Alexandria e Síria. Sabe-se que este livro foi muitíssimo lido (Enciclopedia Cattolica, Cidade do Vaticano, 1952, p. 220), o que era difícil numa época em que os livros eram caros e quando só o clero e monarcas mais cultos os leriam, mas o certo é que foi um verdadeiro "best-seller"» (
fonte), nunca teve tantos leitores como hoje em dia, pois circula na internet em latim e em pelo menos mais dois idiomas: francês e inglês.

 

Algumas datas mais importantes da vida de S. Martinho

  • 316 - Nasce S. Martinho, filho de um oficial romano, na Panónia (região da actual Húngria).
  • 326- Com apenas 10 anos e por sua vontade torna-se catecúmeno (aspirante a cristão).
  • 330- É obrigado a ir para o exército onde pratica o ideal cristão de humildade e generosidade.
  • 337- Dá-se o episódio lendário em que S. Martinho partilha a sua capa de soldado com um pobre.
  • Em data indeterminada S. Martinho abandona o exército.
  • 354- S. Martinho chega a Poitiers onde se desloca para se juntar a Santo Hilário. Mas logo a seguir vai para a Itália com o objectivo de rever a família e evangelizar os seus conterrâneos.
  • 355-360- S. Martinho é expulso da sua própria terra (por causa do Arianismo) e passa um tempo isolado na ilha de Galinária, no meio do Mar Tirreno.
  • 361- S. Hilário volta para Poitiers e S. Martinho também.
  • 361- Funda uma comunidade monástica (a primeira da Gália) em Ligugé, a 6 km de Poitiers.
  • 371- S. Martinho torna-se Bispo de Tours, cargo que ocupará cerca de 26 anos até à sua morte.
  • 372- Funda a comunidade monástica de Marmoutier, perto de Tours.
  • 397- S. Martinho morre em Candes perto de Tours. No dia 11 de Novembro é enterrado com pompa e circunstância na cidade de que fora Bispo durante mais de um quarto de século.
Publicado por gjemanuel-chaves às 16:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
 O que é? |  O que é?
BlogBlogs

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Santo Natal e Próspero An...

Atividades de Natal

Convívio de S. Martinho 2...

Benção das Camisolas

OBRIGADO(A) PELAS 0010005...

Resposta ao Comentário so...

Preparação para Domingo

Camisolas do Grupo

Reunião de 16 de Outubro

Reportagem sobre o Convív...

Arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Links

On-line

online

Visitas


View My Stats
blogs SAPO

subscrever feeds